Saiba Mais: Especial Marvel – Homem de Ferro

O Homem de Ferro é um personagem que se tornou grande ao longo dos anos, principalmente após sua adaptação nos cinemas na pele do ator Robert Downey Jr. que deu vida ao personagem e nos trouxe sua essência das HQs para as telonas. O personagem que era visto inicialmente como um bilionário cheio de problemas evoluiu com a Marvel, e para a surpresa de muitos hoje é um dos personagens mais valorizados e amados dos últimos tempos, ganhando espaço em diversas mídias.
A Marvel Studios o utilizou durante dez anos em suas três fases que lhe renderam milhões de dólares, mas com a chegada do filme épico “Vingadores: Guerra Infinita” e o envelhecimento de Downey Jr., o personagem provavelmente irá “pendurar” sua armadura e nos dar adeus nos cinemas, uma pena, mas sabemos bem que tudo o que é bom um dia acaba.
Nesta série especial vamos conhecer um pouco mais dos Vingadores originais do cinema, conhecendo suas origens e evolução tanto nos filmes quanto nas HQs.
Em comemoração e honra de sua trajetória de sucesso durante esses dez anos nos cinemas vamos conhecer um pouco o personagem e sua transformação ao longo dos anos.

Apresento-lhes agora: O Homem de Ferro.

 

Criação

Criado em 1963 por Stan Lee e Larry Lieber e desenhado por Jack Kirby e Don Heck, o personagem era um desafio imposto a Lee e Lieber de criar um personagem que fosse odiado pelos leitores, mas depois passasse a ser amado assim criaram este personagem marcante e original.

Inspiração do personagem

O personagem foi inspirado no magnata Howard Hughes, um inventor, aventureiro, multibilionário, mulherengo e louco, assim ele é descrito por Stan Lee em uma de suas entrevistas. Durante sua vida, Hughes aparentava ter sintomas de TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), pois vivendo durante quatro meses em uma sala de projeção onde não saia para nada (nem para ir ao banheiro).
Nas HQs, o pai de Tony além de ter o mesmo nome de Hughes, também possui as mesmas características dele, como também o filho. O significado do nome Stark vem de força em diversas línguas inclusive no alemão e sueco. O nome completo do personagem é Antony Edward Stark, ele é descrito como um engenheiro mecânico, CEO das Indústrias Stark, inventor, filantropo e ex-diretor da SHIELD, nascido em Long Island, Nova York.

Aparições

A primeira aparição do Homem de Ferro nas HQs foi em “Tales of Suspense #39” de março de 1963. No Brasil foi publicada em “Heróis da TV #100”. O personagem já apareceu em mais de 2000 edições de HQs entre revistas próprias, participações e reunião em equipes como os Vingadores.

Revista Própria

O Homem de Ferro ganhou sua própria HQ em fevereiro de 1968, publicada pela Marvel Comics como “Homem de Ferro #1” e traz a origem do personagem. O herói não havia feito grande fama em suas primeiras publicações tido como um personagem do time B da Marvel. Mas com o tempo e a evolução da tecnologia no mundo, suas estórias foram ganhando notoriedade e credibilidade sendo as mais famosas:

HQ “Tales of Suspense #39”: Está foi à primeira aparição oficial do Homem de Ferro, publicada em 1963 está HQ foi escrita por Stan Lee e Larry Lieber, desenhado por Don Heck e a capa feita por Jack Kirby. Esta HQ conta sua origem e serviu de base para a também origem nos cinemas do herói em seu primeiro filme “Homem de Ferro” de 2008.
Trama: O vendedor de armas Tony Stark é capturado no Vietnã em meio a guerra instalada por lá, Stark é obrigado por seus captores a construir uma super arma, mas ao invés de obedece-los (já que estava prestes a morrer por conta de estilhaços alojados próximo ao seu coração) ele constrói uma armadura que além de impedir que os estilhaços o matem, a usa também para escapar de seu cativeiro.

HQ “O Invencível Homem de Ferro – O Início do Fim” #17 a #23: Publicado em 1970, escrita por Archie Goodwin e desenhado por George Tuska. Este arco coloca o Homem de Ferro contra os vilões Midas e Madame Mascara, ainda por fim o Homem de Ferro enfrenta o próprio Tony Stark.
Trama: Para proteger sua identidade, Stark usa um Modelo de Vida Artificial (robôs extremamente avançados que imitam os seres humanos) para substituí-lo e colocar Stark e o Homem de Ferro lado a lado, mas com o tempo o MVA começa pensar ser o próprio Tony Stark e que é melhor do que ele, assim Tony acaba tendo que enfrentar a si mesmo.

HQ “Homem de Ferro – Demônio na Garrafa” #120 a #128: Publicada em 1979 e escrita por David Michelinie e Bob Layton, desenhado por John Romita Jr. Esta foi à estória que colocou o Homem de Ferro no primeiro escalão de heróis da Marvel, considerado um clássico da Era de Bronze das HQs.
Trama: O corrupto empresário Justin Hammer manipula uma série de eventos para fazer pressão em seu grande rival nos negócios, Tony Stark. Hammer ainda não sabe que Tony é o Homem de Ferro, achando ser seu guarda-costas, Hammer invade o sistema da armadura e faz o herói matar acidentalmente um diplomata. Após esse ultimo evento, Tony não aguenta a pressão e busca consolo em seu grande companheiro: O Álcool. Seu amigo Rhodes e sua então namorada Bethany Cabe percebem que Tony está ficando cada vez mais depressivo e alcoólatra e isso começa a interferir em sua vida de herói. No fim Stark deve escolher entre permanecer nessa derrocada ou enfrentar seus demônios e ficar sóbrio.

HQ “Homem de Ferro – Monge de Ferro” #197 a #200: Publicada em 1985, escrita por Dennis O’Neil e desenhado por Rick Buckler, Herb Trimpe e Mark D. Bright. Este arco traz as consequências de “Demônio na Garrafa” e mostra uma nova queda de Tony no alcoolismo, agora em uma situação muito pior: Stark perde sua fortuna, sua empresa e seu auto respeito. Além disso, James Rhodes assume a armadura do Homem de Ferro e ingressa nos Vingadores. “Monge de Ferro” também serviu de base para o primeiro filme do herói “Homem de Ferro” de 2008, mas com algumas modificações.
Trama: Stark descobre que o poderoso empresário sem escrúpulos Obadiah Stane está por trás de todas as suas desgraças, foi ele quem comprou as Indústrias Stark e roubou a sua fortuna além de ter descoberto sua identidade de herói manipulando assim todos a sua volta para assim destruí-lo. Stark não se dá por vencido e após um período de decadência começa a se recuperar recomeçando do zero, fundando uma pequena empresa e terminando por vestir sua armadura novamente para deter seu inimigo. Percebendo que Tony estava se recuperando, Stane começa a atacar e sequestrar pessoas próximas a Stark e o herói é obrigado a inaugurar sua nova armadura a Centurião Prateado para enfim enfrentar Stane em sua poderosa armadura Monge de Ferro, o que acaba em um grande embate entre as duas armaduras poderosas.

HQ “O Invencível Homem de Ferro – Guerra das Armaduras” #225 a #232: Publicada em 1987,  escrita por David Michelinie e Bob Layton, desenhado por Mark D. Brigth, Jackson Guice e Barry Windsor-Smith. Este arco marca a mudança de Tony Stark que se mostra rebelde e não se submete a ninguém indo até as ultimas consequências para realizar aquilo que acredita (assim como o vemos nos cinemas). “Guerra das Armaduras” teve parte de sua trama usada como base para o filme “Homem de Ferro 2” de 2010.
Trama: Stark descobre que sua tecnologia foi roubada por seu rival Justin Hammer e está sendo usada por vilões como o Besouro Controlador, Caçadores e o Homem de Titânio. Assim Stark cria um dispositivo que zera e deixa inoperável qualquer mecanismo que use sua tecnologia, porém ao derrotar os vilões que estão com sua tecnologia, o herói percebe que não apenas os vilões a estavam usando, mas forças do bem como os Guardiões da Gruta (prisão para supercriminosos) e os Mandroides da SHIELD, mas guiado pela lógica de que sua tecnologia fora de suas mãos podem ser usadas para o mal, ele entra em rota de colisão com agora ex-aliados como Nick Fury e o Capitão América (esse foi um dos primeiros embates de Stark e Rogers que ajudou na discórdia no arco “Guerra Civil”).
Por essa ação, o Homem de Ferro se torna o inimigo Nº 1 dos EUA fazendo o governo ativar o projeto Poder de Fogo, comandado pelo rival Edwin Cord que tinha o proposito de deter o Homem de Ferro. Stark “demite” seu guarda costas e enfrenta o Poder de Fogo o que destrói sua armadura e quase o mata. Dado como morto, Stark cria uma nova armadura mais tecnológica para deter o Poder de Fogo.

HQ “O Invencível Homem de Ferro – Doomquest” #149 e #150: Publicada em 1982 foi escrita por David Michelinie e Bob Layton, desenhado por John Romita Jr. Este arco foi criado para comemorar o lançamento da 150ª edição das HQs do Homem de Ferro e se tornou um clássico das HQs do personagem.
Trama: O Homem de Ferro e o Doutor Destino estão em meio a um embate, mas com todo o poderio de ambos, acaba os levando acidentalmente ao passado onde eles vão parar em Camelot nos tempos do Rei Arthur.  O Doutor Destino então se alia a bruxa Morgana Le Fey e o Homem de Ferro se une ao Rei Arthur e aos Cavaleiros da Távola Redonda para assim deter o vilão e voltar junto com ele ao presente.

HQ “O Invencível Homem de Ferro – A Semente do Dragão” #271 a #275: Publicada em 1991, escrita por John Byrne e desenhado por Paul Ryan. Este arco traz uma das poucas e boas estórias em que o grande vilão Mandarim aparece.
Trama: O Mandarim descobre durante toda a trama como melhor utilizar os poderes de seus dez anéis mágicos, principalmente com a ajuda de um ancião chinês que durante a trama, deixa claro guardar um grande segredo. Este segredo é revelado com o avançar da trama, o ancião na verdade é um dragão de verdade chamado Fin Fang Foom (na origem do Mandarim descobrimos que seus anéis estão ligados a uma raça alienígena que tem forma de Dragão). O Homem de Ferro então precisa confrontar além do Mandarim, também um Dragão de verdade. Nesta época Stark também estava passando por diversos problemas, sua saúde estava debilitada por ter levado um tiro de sua ex-namorada, o que o deixou temporariamente em uma cadeira de rodas, para resolver essa questão Stark implantou um chip experimental que o permitia voltar a andar, mas ainda assim enfrentava muitas dificuldades o que fez seu amigo James Rhodes vestir a armadura do Homem de Ferro para ajuda-lo, isso até a situação piorar e o próprio Stark ser obrigado de qualquer maneira a voltar à ativa.

HQ “O Invencível Homem de Ferro – A Melhor Defesa” Vol. 3, #73 a #78: Publicada em 2003, escrita por John Jackson Miller e desenhado por Jorge Lucas. Este arco recicla parte da ambientação de “A Guerra das Armaduras”, as estórias do Homem de Ferro a partir do início do século XXI ganham mais popularidade por se beneficiar das tecnologias existentes no cotidiano das pessoas. Parte dessa estória foi usada de premissa para o filme “Homem de Ferro 2” de 2010.
Trama: Stark tinha acabado de revelar ao mundo ser o Homem de Ferro e essa revelação trás muitas consequências. Tony se depara com os planos de um senador dos EUA que quer usar a tecnologia do Homem de Ferro para fins militares e tendo em vista que contratos antigos das Indústrias Stark deixavam brechas para este tipo de uso, Stark tem de descobrir um jeito de monitorar essas atividades, assim ele se torna o novo Secretario de Defesa do Governo dos EUA.

HQ “O Invencível Homem de Ferro – Extremis” Vol. 4, #01 a #05: Publicada em 2005, escrita por Warren Ellis e desenhado por Adi Granov. Este arco traz o Tony Stark moderno que conhecemos em todas as mídias, considerado um dos melhores arcos escritos das HQs do Homem de Ferro, que serviu de base para o filme “Homem de Ferro 3” de 2013.
Trama: Um vírus tecnorgânico experimental (uma variação do soro supersoldado do Capitão América) é roubado por um grupo de criminosos e injetado em um bandido comum, esse homem se transforma em uma poderosa maquina de matar que causa destruição por onde passa. Ao tentar detê-lo, o Homem de Ferro é derrotado e quase morto. Em desespero Stark recorre a uma velha amiga Maya Hansen. Para se salvar e a todos ele injeta o vírus em si mesmo, o resultado: Stark e sua armadura se tornam uma coisa só. Assim Stark se torna um super-humano e não somente um homem comum usando uma armadura.

HQ “O Invencível Homem de Ferro – O Mais Procurado do Mundo” Vol. 5, #08 a #11: Publicada em 2009, escrita por Matt Fraction e desenhado por Salvador Larroca. Este arco coloca o Homem de Ferro em uma posição nada normal, sendo o “vilão” da estória.
Trama: Após a Invasão Secreta (onde os Vingadores descobrem que os alienígenas Skrulls estão infiltrados na comunidade super-humana da Terra e planejavam destruí-los para assim dominar a Terra), Norman Osborn é visto como um herói ao matar a rainha Skrull enquanto o Homem de Ferro leva a culpa por tudo, pois foram o grupo Illuminati (grupo secreto liderado por ele) que provocou os aliens anos antes, motivando-os assim ao revide que enfrentaram. Além disso, Stark (que nesta época era o Diretor da SHIELD) foi acusado de negligencia por não ter descoberto a invasão antes.
Desta maneira Norman Osborn se torna o Acessos Especial para Assuntos Super-Humanos e o novo diretor da SHIELD, sendo sua primeira medida tornar Tony Stark um criminoso e o mais procurado dos EUA.

HQ “Homem de Ferro – Guerra Civil” Vol. 4, #13 e #14: Publicada em 2006 a 2007, escrita por Daniel Knauf e Charles Knauf, desenhado por Patrick Zircher. Esta estória é uma extensão do arco “Guerra Civil”.
Trama: Em meio a Guerra Civil um novo Espião Mestre surge e um dos mais antigos e melhor amigo de Tony Stark, Happy Hogan acaba por morrer.

Estória

Infância e educação: Tony Stark nasceu como um menino prodígio e com o passar do tempo se mostrou ser um verdadeiro gênio. Durante a infância, nunca teve uma relação boa com o pai que o enviou para o internato aos 6 anos, por ser um garoto gênio passou direto por muitas etapas escolares, chegando ao Ensino Médio ainda na infância. Seu pai Howard Stark mesmo sendo uma boa pessoa era vitima da fraqueza dos Starks: O Álcool. Quando Howard se deixava vencer pela bebida se mostrava um homem desprezível que abusava verbalmente de sua esposa e filho, foi Howard quem forçou Tony a tomar sua primeira bebida alcoólica, além disso, ainda tentou ensinar a Tony muitas outras lições como os custos de uma guerra e de sempre limpar suas “próprias mãos”.
Aos 15 anos Tony se juntou ao programa do MIT se formando em física e engenharia elétrica, recebendo por fim o grau de mestre em ambos os campos de estudo. Ainda na adolescência, conheceu outra mente genial, Bruce Banner na Conferencia Pensamentos Avançados na Universidade de Oxford, o que levou a uma longa vida de rivalidade cientifica entre os dois. Pouco tempo depois se matriculou na Universidade de Cambridge onde conheceu sua primeira “namorada” Cassandra Gillespie, mas um incidente atrapalhou no relacionamento dos dois e seu pai Howard o forçou a voltar para os EUA onde Tony terminou seus estudos. Enquanto estudava conheceu uma nova paixão Meridith McCall filha do maior rival de Howard nos negócios, ambos foram proibidos de se verem. A partir daí Tony começou a idade adulta, sendo um homem rico, indolente, ocioso e sem raízes perambulando pelo mundo como um aventureiro e playboy.

Morte de Howard e Maria Stark: Os pais de Tony Stark morreram quando ele ainda tinha 21 anos, em um acidente de carro. Após a morte de seu pai, Tony assumiu as Indústrias Stark e a transformou em um complexo industrial multibilionário produzindo armamento avançado e mais tecnológico, cujo um de seus maiores compradores era o Governo dos EUA.

O Homem de Ferro: Na versão original, em meio a Guerra do Vietnã Tony foi vitima da explosão de uma granada. Ele sobreviveu a essa explosão, mas não tinha muito tempo de vida, pois estilhaços do explosivo a qualquer momento podiam se alojar em seu coração, ele foi capturado e levado até o líder Wong Chu. Chu forçou Tony a criar uma arma poderosa que disse que apenas assim o libertaria, mas Tony não acreditou e acabou criando uma arma para si mesmo que o mantivesse vivo e, além disso, o ajudasse a escapar de seus captores. Com a ajuda do professor e gênio Ho Yinsen, Tony conseguiu construir sua primeira armadura do Homem de Ferro. Ao perceberem que foram descobertos por Wong Chu, Yinsen pegou uma metralhadora para dar tempo de Tony ativar a armadura, mas o professor acaba por ser fuzilado pelos homens de Chu. O Homem de Ferro acaba enfrentando os homens de Chu e os derrota, Wong Chu fica preso em um galpão enquanto tentava fugir e o Homem de Ferro acaba por incendiar além do galpão todas as armas e munições ali existentes e por fim liberta os prisioneiros do local. A partir de então, Tony passa a aperfeiçoar sua armadura e adota as cores vermelho e dourado como padrão. No início para proteger sua identidade Tony espalha o boato de que o Homem de Ferro era seu guarda-costas e apenas seu motorista Happy Hogan, sua secretaria Pepper Potts e seu amigo James Rhodes sabiam de sua identidade secreta.

Armaduras

Seu traje é revestido em seu interior por titânio com ouro e enriquecido por um campo magnético, possui diversos equipamentos como um sistema de navegação, a inteligência artificial JARVIS, sensores e scanners diversos, sistemas de projeção de imagens holográficas, sonar, flaps, lasers, pequenos projeteis (que podem ser teleguiados ou não), emissores de pulso magnético, raio repulsor, disruptor sônico entre outros diversos apetrechos (claro que todos esses equipamentos foram incorporados com a evolução da armadura).
As armaduras foram evoluindo com o tempo, tanto na aparência quanto em sua tecnologia, onde usa agora chips e nanotecnologia, além disso outros tipos de armaduras foram criadas para situações especificas como uma versão espacial, uma para espionagem, outra para ser usada em missões submarinas, além das duas mais famosas: A Hulkbuster para deter o Hulk e uma armadura feita de pedra asgardiana, a Thorbuster.
Dez melhores armaduras do Homem de Ferro:

Patriota de Ferro: Quando Tony Stark se torna um foragido da justiça (ele é responsabilizado pelos eventos da Saga “Invasão Secreta”), sua armadura do Homem de Ferro é confiscada pelo governo americano. Seus rivais Justin Hammer e Norman Osborn a tomam, a aprimorando para criar assim um novo modelo alternativo que chamam de Patriota de Ferro, um misto de Homem de Ferro e Capitão América. Esta armadura é considerada a mais inferior de todas.

Centurião de Prata: Desenvolvida por Tony Stark na época em que estava em uma cadeira de rodas, ela foi usada por James Rhodes e após sua forçada recuperação pelo próprio Tony, para derrotar seu rival Obadiah Stane em sua armadura Monge de Ferro. Esta armadura era mais poderosa dentre as 7 primeiras criadas por Tony.

Maquina de Combate: Após sua armadura ter ficado muito danificada pela luta contra os Mestres dos Silencio, Tony constrói a Maquina de Combate com um aumento exponencial de poder de fogo. Esta armadura foi usada por muito tempo por James Rhodes após a aparente morte de Tony, depois ela foi dada definitivamente para Rhodes.

Borda Sangrenta: Esta armadura é um resultado do upgrade trazido pela introdução da tecnologia Extremis. Ela funcionava através do uso de nano robôs e da energia do reator Arc, baseando-se na nova tecnologia da R.T. Node. Ela fora desenvolvida com o auxilio do Sr. Fantástico e provou ser muito poderosa, pois era capaz de deter forças como a do Hulk Vermelho.

Endo-Sym: Esta armadura surgiu em meio à saga “Axis” que levou a inversão de personalidade de Tony. Ao se mudar para São Francisco, Tony deseja transformar a cidade em uma utopia tecnológica e desenvolve uma nova armadura, mas agora prateada e de natureza simbiótica. Ela é tão poderosa que consegue aguentar uma batalha direta com o Hulk invertido chamado Kluh e também com Thor. Ao contrario da Extremis, esta armadura parece ter um nível de ligação muito maior com Stark.

Uru Armor: Na saga “O Próprio Medo”, Tony Stark desesperado pede para que Odin o auxilie na batalha contra a Serpente do Medo. Oferecendo sua recaída no alcoolismo como sacrifício, Tony obterá os materiais e a ajuda que precisava para derrotar as forças da Serpente. Tony usou essa armadura especial apenas nessa saga, sendo devolvida a Odin após a conclusão da batalha.

Hulkbuster: A primeira armadura temática apresentada nas estórias do Homem de Ferro, ela foi construída, como o nome já induz, para deter o Hulk. Embora seja poderosa essa armadura é lenta e nunca conseguiu se equiparar a força de Hulk, apesar de Tony ter dado um upgrade nela na saga “Hulk contra o Mundo”, a armadura foi arrasada pelo “Golias Esmeralda” com bastante facilidade.

Thorbuster: Tony não apenas construiu uma armadura para parar Hulk, mas também fez uma especialmente para Thor, com os mesmos preceitos da Hulkbuster, a Thorbuster foi construída para parar o deus do trovão caso fosse para o lado inimigo.
Esta armadura tem muitas semelhanças com a armadura Destruidor de Asgard, sendo energizada por um cristal asgardiano e também ganhando força ao sofrer ataques de seu alvo.

Phoenix-Killer: Esta armadura foi construída durante os eventos da saga “Vingadores Vs X-Men”, ela tinha o intuito de parar a Phoenix Force sendo usada apenas uma vez e foi parcialmente bem sucedida, embora não a tenha a parado, esta armadura fragmentou a Phoenix Force  em cinco partes, algo que Galactus, Thor e Capitã Marvel não foram capazes de fazer.

Ziran Armor: A mais poderosa armadura do Homem de Ferro no multiverso da Marvel, a Ziran Armor foi construída por Tony Stark e Bruce Banner em uma versão alternativa do Quarteto Fantástico. Seu nome se originou de um Celestial (deuses espaciais de grande poder) que havia sido morto por Thanos. O poder da armadura vem do poder dos Celestiais e da Zona Negativa, é movida também pelo pensamento sendo vencida apenas pelas Joias do Infinito.

Inimigos

O Homem de Ferro tem diversos inimigos por todo o universo Marvel, mas alguns deles se destacaram em suas estórias:

Mandarim: O arqui-inimigo do Homem de Ferro. Eugene Sing Chen Khan mais conhecido como Mandarim era filho de uma nobre inglesa e um Chinês que se dizia ser descendente de Genghis Khan. Mandarim vivia como um aristocrata até perder tudo na Revolução Cultural Chinesa.
Ele se considerava um mestre de Karatê e porta dez anéis mortais de incrível poder e que usa nas duas mãos, esses anéis tinham estes poderes: Mão Esquerda – Explosão de Gelo/Mento Intensificador/Explosão Elétrica/Explosão de Chamas/Luz Branca. Mão Direita – Luz Negra/Feixe de Desintegração/ Feixe de Vórtex/ Feixe de Impacto/Reorganização da Matéria. Esses anéis de origem alienígena são suas principais armas, o Mandarim os converteu para uso pessoal fazendo-os responder a seus comandos mentais, sendo que sua ligação psíquica é tão forte que apenas ele pode usar o poder dos anéis. Ao contrario de muitos vilões, o Mandarim respeita um código de conduta rigoroso na base da honra, sendo um homem de palavra em todos os seus negócios.

Monge de Ferro: Obadiah Stane mais conhecido como o vilão Monge de Ferro, era um estrategista e empresário que baseava sua vida nas regras do xadrez. Ao construir sua própria empresa fez sociedade com Stark, mas por alguns conflitos sua sociedade é rompida e inconformado, Stane roubou a tecnologia da armadura do Homem de Ferro e construiu sua própria armadura, o Monge de Ferro que usaria para cometer seus crimes.

Justin Hammer: Principal rival de Tony Stark nos negócios, Hammer é a razão de muitos supervilões do Homem de Ferro terem acesso a tecnologias extremamente avançadas. Ele usa os vilões como seus mercenários do submundo onde são secretamente armados e contratualmente obrigados a cumprir missões contra seus concorrentes e inimigos como Tony Stark.

Madame Máscara: Nascida Giulietta Nefaria, mas legalmente conhecida como Whitney Frost, filha de um chefão da máfia italiana que foi criada por um dos empregados de seu pai, o Conde Nefaria. Cresceu como uma socialite, mas após a morte dos Frost sua origem foi revelada e ela passou a incorporar a organização mafiosa de seu pai. Ela se tornou uma criminosa brilhante e habilidosa, mas quando seu pai foi preso ela se torna a nova líder da família Nefaria da Maggia, o que um tempo depois a fez entrar em confronto com o Homem de Ferro em uma incursão mau sucedida as Indústrias Stark, ao fugir do local o avião em que estava caiu e seu rosto fica totalmente deformado. Salva pelo criminoso Mordecai Midas, ela começa a trabalhar para ele que lhe da uma máscara de ouro para esconder seu rosto assumindo a partir de então o codinome Madame Máscara.

Dínamo Escarlate: O vilão Dínamo Escarlate já teve diversas encarnações sendo a maioria deles supervilões russos ou soviéticos como Boris Turgenov, Alex Nevsky, Yuri Petrovich, Dmitri Bukharin, Valentin Shatalov, Gregar Valski e Gennady Gavrilov, mas o mais conhecido e o primeiro deles é Anton Vanko. Vanko foi o criador da armadura, ele tinha Ph.D em Física e era um dos maiores especialistas do mundo em eletricidade, a pedido do governo soviético construiu uma armadura a fim de derrotar o Homem de Ferro. Por ter passado pelas mãos de muitos vilões já citados aqui, a armadura Dínamo Escarlate foi evoluída conforme seus alter-egos.

Espião Mestre: Ted Calloway ou Espião Mestre era um mercenário especializado em espionagem industrial, se formou na chamada Elite de Espionagem e tinha o intuito de roubar os segredos das Indústrias Stark.

Homem de Titânio: Boris Bullski quando jovem foi treinado pela KGB sob instrução da Viúva Negra, mas por sua ambição desmedida somada a sua aparência ameaçadora causou descontentamento ao governo soviético que o transferiu para uma base administrativa na Sibéria. Para tentar se erguer perante o partido ele manda os cientistas de um campo de trabalho siberiano construírem uma armadura baseada na tecnologia do Homem de Ferro utilizando o laboratório de Anton Vanko. Apesar dos recursos inferiores disponíveis, os cientistas compensaram fazendo a armadura duas vezes maior que a do Homem de Ferro a intitulando de Homem de Titânio. Após a primeira derrota para o Homem de Ferro Bullski se preparou para uma revanche redesenhando a armadura e se submetendo a tratamentos médicos que o fizeram aumentar tanto seu tamanho quanto sua força.

Fin Fang Foom: É um dragão alienígena vindo do planeta Maklu IV do sistema Maklu. Ele e vários outros membros de sua raça abandonaram seu planeta de origem com o intuito de conquistar outros planetas, eles pousaram na Terra no período da China antiga e usaram transmutação para imitar a forma humana com a intensão de estudar a espécie humana antes de iniciar a conquista, mas Foom acaba adormecido até a Era Moderna. Em algum momento da história a nave do povo Makluan é encontrada pelo Mandarim que rouba os dez anéis de poder, Mandarim usa Foom para seu próprio beneficio, mas acaba sendo usado por ele para iniciar sua conquista da Terra.

Parcerias

O Homem de Ferro já fez parte de várias equipes como os Vingadores, Força Tarefa, Poderosos Vingadores, Illuminati e os Guardiões da Galáxia, mas com certeza seu maior e grande parceiro é James Rhodes.
James Rhodes: Na primeira aventura do Homem de Ferro ao escapar de seus captores foi Rhodes quem o encontrou e levou Tony de volta aos EUA. Os dois se tornaram grandes amigos desde então e ao sair das forças armadas Rhodes se tornou piloto pessoal de Tony ajudando Tony em diversas crises de alcoolismo e assumindo a identidade do Homem de Ferro quando Tony estava impossibilitado. Ao construir a armadura Maquina de Combate, Tony a presenteou a Rhodes.

Relacionamentos

Pepper Potts: No início Pepper era apenas a secretaria pessoal de Tony, mas ambos sempre tiveram um grande carinho um pelo outro que com o tempo se transformou em algo maior, mas quando Tony começou a usar a placa no peito para permanecer vivo e dar mais atenção as suas missões como Homem de Ferro, os dois acabaram se distanciando. Com o tempo Pepper desistiu de Tony se casando com seu motorista Happy Hogan. Mais tarde com seu sucesso nas adaptações cinematográficas a personagem ganhou destaque novamente nas HQs, eventualmente se separando de Happy e se casando com Tony Stark, colocando assim um fim ao triangulo amoroso que durou por décadas.

Bethany Cabe: Bethany era uma guarda-costas bastante respeitada nos EUA e geralmente trabalhava para diplomatas, em uma recepção na embaixada de Carnelian em Nova York, Bethany conheceu Tony e um tempo depois acabaram se envolvendo romanticamente e namorando. Ela tem bastante destaque na saga “Demônio na Garrafa”, pois é por ela que Tony consegue largar o vício do álcool e se recuperar. É conhecida como a Mulher de Ferro por usar um traje similar ao de Tony.

Kathy Dare: O romance foi repleto de brigas e crises de ciúmes por parte dela, uma garota rica e mimada que com o termino do namoro passou a perseguir obcessivamente o empresário a ponto de atirar nele. Arrependida, ela cometeu suicídio enquanto Tony passou um bom período se recuperando em uma cadeira de rodas.

Maria Hill: A agente da SHIELD Maria Hill se tornou o braço direito de Tony na época em que ele comandava a agencia. Odiavam-se no início, mas logo se aproximaram e engataram um relacionamento que durou pouco tempo. Hill se transformou numa importante aliada de Stark e dos Vingadores.

Maya Hansey: Ela teve destaque na saga “Extremis”, Maya conheceu Tony em um hotel na Suíça durante o réveillon de 1999, nesta época ela trabalhava em um soro (baseado no soro supersoldado) que reprogramava o DNA humano, o que conhecemos no futuro como o Extremis. O romance durou pouco tempo.

Cassandra Gillespie: Filha de um fabricante de armas rival de Howard Stark, ela inicialmente se aproximou de Tony para obter informações sobre Howard ainda quando ele estudava na Universidade de Cambridge. Com o tempo ela começou a desenvolver sentimentos reais por Tony e os dois engataram um relacionamento que terminou diante de um ataque da Hidra a família Gillespie em um jantar onde Tony estava presente. Após esse incidente ambos foram separados por seus pais.

Meredith McCall: Nascida em Long Island, Nova York assim como Tony Stark, ela era filha do maior rival de Howard Stark nos EUA Creighton McCall. Eles se conheceram ainda na adolescência e se apaixonaram, mas quando os pais de ambos descobriram o romance os dois foram proibidos de se verem.

Mídias

Com a evolução de suas HQs, o Homem de Ferro foi ganhando notoriedade e assim conseguindo espaço em séries e filmes animados o que acabou por aumentar ainda mais sua popularidade. O Homem de Ferro faz aparições em: The Marvel Super Heroes (1966), Homem Aranha e Seus Amigos (1981) e Spider-Man (1981).
Ele também ganhou sua própria série animada a partir de 1994 e desde então aparece em desenhos e filmes próprios como: Homem de Ferro (1994), Ultimate Avengers (2005), Ultimate Avengers 2 (2006), The Invencible Iron Man (2007), Iron Man: Armored Adventures (2008), Next Avengers: Heroes of Tomorrow (2008), Esquadrão de Super Heróis (2009), no anime japonês Iron Man (2010), Vingadores: Os heróis mais poderosos da Terra (2010), aparece nas séries Ultimate Homem Aranha (2012) e Hulk e os Agentes da S.M.A.S.H. (2013), Lego Marvel Super Heroes: Maximum Overload (2013), Vingadores Unidos (2013), no anime japonês Marvel Disk Wars: The Avengers (2014) e em Lego Marvel Super Heroes: Avengers Reassembled (2015).
O Homem de Ferro também está nos Videogames: Captain America and the Avengers (1991), Marvel Super Heroes (1995), Iron Man and X-O Manowar in Heavy Metal (1996), Marvel Super Heroes: War os the Gems (1996), Marvel Vs Capcon (1998), The Invencible Iron Man (2002), Marvel Nemesis: Rise of the Imperfects (2005), Marvel Ultimate Alliance (2006),  Iron Man (2008), Marvel Ultimate Alliance 2: Fusion (2009) e Marvel: Avengers Alliance (2012).

Atualmente

Após se recuperar de uma grave crise, a Marvel decidiu dar um enorme passo e criou a Marvel Studios para produzir filmes independentes dos heróis que haviam sido ignorados por produtoras como a Sony e a Fox. O Universo Cinematográfico Marvel começou em 2008 e o personagem escolhido para abrir essa primeira fase foi o próprio Homem de Ferro interpretado brilhantemente por Robert Downey Jr.
Em “Homem de Ferro” (2008), Tony Stark é apresentado como um bilionário que fornece armamento ao governo dos EUA e também a qualquer um que possa pagar, ele sofre um atentado após uma demonstração no Afeganistão, é sequestrado por um grupo que se intitula os Dez Anéis e passa um período preso até conseguir escapar ao desenvolver uma armadura de ferro. O primeiro filme foi baseado na HQ “Tales of Suspense” de 1963 modernizando claro a origem do Homem de Ferro que originalmente havia sido sequestrado por vietnamitas, além disso o primeiro filme aborda como vilão o empresário Obidaiah Stane (Monge de Ferro) diretamente da HQ “Homem de Ferro: Monge de Ferro” de 1985 tendo a mesma premissa das HQs, em que Stane no início é um sócio de Stark, mas acaba se mostrando durante o filme ser um grande inimigo.
Na sequencia “Homem de Ferro 2” (2010), Tony está enfrentando as consequências de ter revelado ser o Homem de Ferro, com o governo dos EUA em suas costas querendo a todo momento qualquer motivo para tomar-lhe a armadura e seu rival nos negócios Justin Hammer lutando incessantemente para tomar o status de Tony para si, além disso um novo inimigo surge das terras gélidas da Rússia, Ivan Vanko um extraordinário físico que tem obsessão em acabar com o Homem de Ferro e sua gloria. Este segundo filme se baseia meramente na HQ “Homem de Ferro: Demônio na Garrafa” de 1979, pois Stark passa boa parte do filme bêbado e deprimido pelo paládio (que usa em seu peito para afastar os estilhaços) o estar matando e não por conseguir uma solução começa a abandonar tudo o que mais ama. Seu vilão Justin Hammer também é bem baseado nesta HQ em que ele manipula alguns eventos para pressionar Tony Stark. Também foi aproveitada parte da estória da HQ “Homem de Ferro: A Melhor Defesa” de 2003 onde o governo americano por meio de um senador quer usar a tecnologia do Homem de Ferro para fins militares e Tony deve lidar com as consequências de sua revelação, ainda vemos parte da HQ “Homem de Ferro: Monge de Ferro” de 1985 que também mostra as consequências de “Demônio na Garrafa” e Tony acaba sendo substituído por James Rhodes por não ser mais capaz de lidar nem mesmo com seus problemas pessoais. Outro vilão do filme é Ivan Vanko, adaptado como uma mistura de dois vilões das HQs “Tales of Suspense” de 1963 e “Tales of Suspense” de 1968 que são o Dínamo Escarlate e o Chicote Negro, onde Ivan é praticamente baseado no cientista de mesmo nome e personalidade, ele aparece primeiramente como o Chicote Negro na cena da corrida em Mônaco e no fim do filme ele aparece em uma armadura de ferro adaptada por ele mesmo em uma alusão a seu verdadeiro alter-ego das HQs, o Dínamo Escarlate.
No ultimo filme da trilogia “Homem de Ferro 3” (2013), Tony está com estresse pós-traumático e ansiedade isso faz ele se reclusar em sua casa construindo cada vez mais armaduras e incluindo novas atualizações e apetrechos, enquanto isso o terrorista Mandarim está atacando por todo EUA, mas outro inimigo esta atacando pelas bordas esse é Aldrich Killian um visionário que quer implantar no mundo sua tecnologia Extremis que promete ser uma evolução tanto para o campo da medicina quanto militarmente. Quando seu motorista Happy é atacado, Tony ameaça o Mandarim e isso causa sua própria destruição, sua casa é atacada e Tony foge de volta as origens com sua armadura, e do nada ele deve se levantar. Este filme se baseia na HQ “Homem de Ferro: Extremis” de 2005 onde mostra a origem do soro Extremis que foi criado por Maya Hansen e no filme também foi criado pela mesma apenas adaptado que fora desenvolvido com a ajuda da IMA e seu aqui fundador Aldrich Killian (nas HQs ele é um cientista deprimido que ajudou Maya a desenvolver o Extremis, mas acaba se matando após ajudar a roubar o soro), também temos o personagem Eric Savin como o condutor do vírus Extremis, ele é adaptado de sua contraparte da HQ Extremis que causa destruição por onde passa. Parte da HQ “Homem de Ferro: Guerra das Armaduras” de 1987 é adaptada no filme em que após sofrer um ataque, o Homem de Ferro é dado como morto, ele na verdade foge e acaba construindo uma nova armadura para combater no caso do filme, o Mandarim. No caso o vilão Mandarim é adaptado em três versões: O corpo é do personagem Trevor Slattery (no filme é um ator que interpreta o Mandarim para servir de alvo para o mundo), os músculos de Eric Savin (no filme e na HQ Extremis é o condutor do vírus Extremis com a diferença que no filme suas ações são comandadas) e o cérebro de tudo é Aldrich Killian (Tanto no filme quanto na HQ, ele é um cientista que ajuda a desenvolver o Extremis com a diferença que no filme ele é o verdadeiro Mandarim por traz do teatro de terror criado por ele mesmo, que tinha o intuito de destruir o Homem de Ferro e colocar as nações em guerra para seu lucro).
O Homem de Ferro também foi adaptado para os cinemas em minisséries de arcos bem famosos das HQs como “A Era de Ultron” de 2013, “Guerra Civil” de 2006 e 2007 e mais recentemente em “Guerra Infinita” de 1996, mas o filme em si será a adaptação na minissérie “Desafio Infinito” de 1997 que mostra a batalha de Thanos e seus aliados contra os heróis da Terra e da galáxia. Além disso, o Homem de Ferro fez uma aparição na ultima cena do filme “O Incrível Hulk” (2008) e em boa parte do reboot “Homem Aranha: De Volta ao Lar” (2017) onde Tony é o mentor de Peter Parker.

 

Depois de passarmos por boa parte de sua estória vemos o quão grande este personagem é no Universo Marvel e em todos os seus segmentos. O Homem de Ferro foi descoberto por todo o mundo em 2008 com sua primeira e incrível adaptação cinematográfica, mas ele é muito mais que Robert Downey Jr., o Homem de Ferro ou Tony Stark é um personagem de suma importância para o Universo Marvel e também para muitas pessoas sendo um modelo de gênio da tecnologia que está cada vez mais presente em nossas vidas.
Voltando ao filme “Guerra Infinita” qual será seu destino? Tony Stark irá sobreviver a essa guerra?

Jessica Potter

Formada em História, Escritora e amante do Universo Geek.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *