Saiba Mais: Especial Marvel – Thor

Thor, um dos mais poderosos deuses vindo de Asgard, um herói movido pela honra, compaixão e humildade, conhecido como um dos fundadores do grupo de heróis Os Vingadores, é interpretado nas telonas pelo ator Chris Hemsworth que evoluiu o personagem a cada filme e é tido atualmente como um dos melhores super-heróis do Universo Cinematográfico Marvel.
Quando a Marvel Studios se planejou para o futuro dos Vingadores, claro que não podia deixar de incluir o herói que fundou o grupo juntamente com o Homem de Ferro e outros heróis nas HQs, ele foi inspirado no deus nórdico de mesmo nome e tem uma das melhores temáticas nas estórias de heróis das HQs. Seu ultimo filme solo “Thor: Ragnarok” trouxe as telas o Thor que todos esperavam, um verdadeiro deus e herói que se sacrifica por seu povo. Agora com a aproximação de “Guerra Infinita” em que seu início colocou os asgardianos e Thor de frente com o grande inimigo Thanos, é provável que está seja sua ultima grande batalha.
Nesta série especial vamos conhecer um pouco mais dos Vingadores originais do cinema, conhecendo suas origens e evolução tanto nos filmes quanto nas HQs.
Em comemoração e honra de sua trajetória de sucesso durante esses dez anos nos cinemas, vamos conhecer um pouco o personagem e sua transformação ao longo dos anos.

Apresento-lhes agora: O Poderoso Thor.

 

A Criação

Criado por Stan Lee, Larry Lieber e Jack Kirby em 1962, o personagem não era uma novidade, já que havia sido retratado pela Fox Feature Syndicate em 1940, também em uma versão da DC Comics em 1950 e pela própria Marvel quando ainda se chamava Atlas em 1951.

Inspiração do Nome

Thor foi inspirado pelos artistas a partir das lendas nórdicas com seus deuses e ameaças, assim retrataram o Thor na Marvel Comics, como um verdadeiro deus nórdico e não apenas um humano com poderes, chamado Thor Odinson de Asgard, é o mais poderoso membro dos Vingadores que em suas estórias solo enfrenta divindades de outras mitologias, além da sua própria como os deuses gregos.

Aparições

Thor estreou nas HQs da Marvel em 1962, o personagem foi um dos pioneiros da Marvel que nasceu nesta HQ, nela seu alter-ego Donald Blake lidava com seus novos poderes e começava a combater diversas ameaças. Nas estórias seguintes as coisas se complicam com a presença dos seres mitológicos como Loki, seu meio irmão e arqui-inimigo que apareceu nas edições #85, #88, #91 e #92. Na edição #88, Thor vai para Asgard pela primeira vez desde que recuperou seus poderes.
Thor e os Vingadores se uniram nas HQs do grupo em 1963 em que enfrentaram o vilão Loki (não exatamente como no filme do grupo em 2012).

Revista Própria

O personagem Thor estreou sua HQ própria na “Journey Into Mystery” #83 em agosto de 1962, onde traz a origem de Thor e como caiu em Midgard (Terra), por meio de um castigo de seu pai Odin, que tirou suas lembranças, tornando Thor um completo humano chamado Donald Blake. Neste período o personagem foi personificado pela Marvel para dar mais abrangência em suas estórias nas HQs, incorporando a mitologia nórdica e com o tempo, outras lendas mitológicas foram incorporadas para assim criar um tipo de HQ especifica para os poderosos deuses mitológicos e suas aventuras. O personagem ganhou bastante relevância ao ser incorporado ao grupo Vingadores, o tornando um dos mais importantes e poderosos personagens da Marvel Comics. As HQs solo de Thor também tem diversas boas estórias, as seguintes são as mais famosas:

HQ “Journey Into Mystery” #83: Primeira aparição de Thor em uma HQ, escrita por Stan Lee e Larry Lieber, desenhado por Jack Kirky em 1962. Esta HQ mostra a origem do Thor que foi expulso por seu pai de Asgard se tornando o médico terrestre Donald Blake. Ela serviu de base para dar vida ao primeiro filme de “Thor”.
Trama: O médico manco Donald Blake dos EUA viaja para a Noruega, enquanto visitava o país uma nave de batedores de Saturno aterrissa no país a fim de prepararem a sua invasão a Terra. Blake os vê e corre o que acaba chamando a atenção dos alienígenas que vão atrás dele. Blake corre para uma caverna nas colinas, nesta caverna ele encontra uma porta secreta que se abre e revela uma câmara para Blake que encontra uma bengala, ele pega a bengala e a bate no chão, assim um clarão de luz invade o lugar e a bengala se torna o martelo Mjolnir e Blake se torna o poderoso Thor, o deus do Trovão. Com todo esse poder Thor vai atrás dos alienígenas para assim defender a Terra da invasão.

HQ “Thor – O Último Viking” #337 a #343: Escrita por Walt Simonson em 1983.
Trama: Na forma de Donald Blake, Thor está vivendo na Terra a protegendo, mas um dia é levado até Nick Fury que necessita dos poderes do grande Thor em uma missão que vai bem além das capacidades de Blake, o asgardiano tem vivido no anonimato se passando por um homem comum. Uma sonda da SHIELD foi destruída e apenas Thor pode chegar a tempo de interceptar o objeto que a destruiu, chegando ao local, uma enorme nave bélica é revelada, apontando imediatamente seus canhões para o asgardiano que consegue desviar de todos os disparos, quando finalmente o deus do trovão adentra na nave, aparentemente vazia, é surpreendido por um guardião extremamente poderoso, seu nome é Bill Raio Beta.

HQ “Thor – A Saga de Surtur” #1 a #6: Escrita e desenhada por Walter Simonson em 1984. Uma das grandes sagas do herói das HQs, que traz o fim e o início chamado Ragnarok.
Trama: A estória traz o retorno do demônio Surtur, o mais poderoso do Reino de Fogo, foi profetizado que dele viria à destruição dos Nove Reinos através de sua espada Crepúsculo. No início do tempo, Odin viajou até o Reino de Fogo e com a ajuda de seus irmãos destruiu a Espada Crepúsculo e selou Surtur. Mas Surtur ao se libertar, refaz sua espada e vai para Asgard para mergulhá-la na Chama Eterna e assim iniciar o Ragnarok, sua invasão é acometida por Thor e o exercito de Asgard que tem de fazer de tudo para detê-lo.

HQ “Thor Sapeia!” (Vol. 1) #364 a #366: Escrita por Walter Simonson em 1986.
Trama: Thor acaba caindo na armadilha plantada por Loki, que a distancia e com o uso de um aparato complexo que suga ocultamente as energias da Espada Crepúsculo, criou um encantamento através do qual o beijo de uma dama transformou o herdeiro do trono de Asgard em um príncipe sapo. Agindo com calma e ponderação (surpreendente), Thor busca a ajuda dos Vingadores que não o reconhecem, ele sai então pelas ruas de Nova York onde descobre o conflito entre os sapos do reservatório, governado pelo Rei Gargarejo, e as ratazanas psicopatas que pretendem envenená-los e se possível acabar com os humanos para dominar o mundo.

HQ “O Poderoso Thor – Em Busca dos Deuses” #1 a #7: Escrita por Dan Jurgers e desenhado por John Romita Jr. em 1998.
Trama: Começando logo após a era “Heróis Renascem”, quando todos os heróis acordam em Nova York, Thor acorda em Asgard e encontra a cidade destruída. Voltando para Midgard, ele tenta descobrir o que houve com sua terra natal. Como se isso não fosse problema suficiente, um mortal acaba se ferindo por uma falha sua e para impedir que ele vá para o mundo dos mortos ele acaba fazendo um acordo onde tem que passar parte do seu dia como um simples mortal.

HQ “Thor – O Cerco” #601 a #610: Escrita por Brian Michael Bendis e desenhada por Olivier Coipel em 2009. Essa estória marca o final da era “Reinado Sombrio”.
Trama: Norman Osborn é o novo chefe da agencia MARTELO (substituta da SHIELD após os eventos de “Invasão Secreta”), assim ele decide invadir Asgard que está flutuando sobre o Nebraska e parte com seus Vingadores Sombrios e o MARTELO. Antigas rixas dos heróis são esquecidas e eles partem ao auxilio de Thor e os asgardianos.

HQ “Thor – As Eras do Trovão” (Vol 1) #615 a #621: Escrita por Matt Fraction, Richard Zircher e Pasqual Ferry em 2009.
Trama: A estória ocorre muito antes de Thor ser enviado a Terra e de Heimdall se tornar guardião da ponte do arco-íris. Os Gigantes de Gelo destroem a muralha de Asgard, mas após a batalha, vencida pelos asgardianos contra os Gigantes de Gelo, um pedreiro de Midgard se oferece para reconstruir a muralha em troca da mão da bela Encantor, mas tudo pode ser um truque para levar a uma vingança contra os deuses.

HQ “Thor – O Renascer dos Deuses” (Vol. 3) #1 a #6: Escrita por J. Michael Straczynki, Oliver Coipel e Marko Djurdjevic em 2011.
Trama: Se passando após os eventos de “Ragnarok”, Thor é levado para a Terra e junto com ele Asgard, que paira sobre o território de Oklahoma nos EUA. Ele precisa unir seus aliados e buscar por todos os deuses de Asgard, reencarnados em corpos humanos normais. Enquanto isso surge uma nova ameaça com o retorno de Loki.

HQ “Thor – Por Asgard” #89: Escrita por Robert Rodi e desenhado por Simone Bianchi em 2012.
Trama: Após o assassinato de Balder por meio de Loki, Asgard cai em trevas e um inverno que acaba assolando a Cidade Dourada por dois anos, o que ameaça a Fonte da Imortalidade dos deuses. Odin, o Pai de Todos desapareceu deixando seus súditos aos cuidados de seu filho Thor que também enfrenta rebeliões sangrentas em todos os domínios de Asgard.

HQ “Thor, o Deus do Trovão – Bomba Divina” #6 a #11: Escrita por Jason Aaron, desenhado por Esad Ribic e Butch Guice em 2012.
Trama: Em algum lugar no fim do tempo, todos os deuses do universo estão escravizados, trabalhando para construir uma colossal maquina que transformará para sempre toda a criação. Enquanto o tenebroso plano de Gorr se desfralda, toda a esperança dos cativos se perde quando Thor é acorrentado junto a eles. À medida que a sombria origem do Carniceiro dos Deuses é revelada, as versões passada, presente e futura de Thor se unem para liderar o exercito de divindades escravas numa batalha contra Gorr, um confronto deve ser vencido antes que a Bomba Divina leve todos pelos ares.

HQ “Thor – O Carniceiro dos Deuses” #1 a #5: Escrito por Jason Aaron em 2013.
Trama: Por eras deuses estão desaparecendo e seus adoradores mortais deixados no caos, à única esperança é que Thor desvende o mistério do Carniceiro dos Deuses. No passado distante, Thor descobre uma caverna esquecida que ressoa com os gritos de deuses torturados, e fica chocado ao se descobrir entre eles, no presente Thor segue a trilha sangrenta de deuses assassinados nas profundezes do espaço. Há milhares de anos luz no futuro, o último deus-rei de uma Asgard arruinada trava sua derradeira batalha contra as legiões enlouquecidas do Carniceiro dos Deuses, enquanto três Thors de três eras diferentes correm para deter o Carniceiro. A extensão total de seu terrível esquema assume uma forma aterrorizante.

HQ “Thor, o Deus do Trovão – O Amaldiçoado” #12 a #18: Escrito por Jason Aaron de 2013.
Trama: Malekith, antigo Senhor dos Elfos Negros escapa da prisão, assim dando início a uma perseguição que se estende por todos os Nove Reinos. Thor encontra novos aliados para sua Liga dos Reinos: uma feiticeira elfa negra, um elfo luminoso, um gigante das montanhas, um anão e um troll. Mas a queda de um desses companheiros pode deflagrar em uma guerra que afetará vários mundos. Thor ainda deve lidar com a traição de um de seus guerreiros e com o último alvo da trilha de sangue de Malekith: a Terra.

HQ “Thor, O deus do Trovão – Os Últimos Dias de Midgard” #19 a #25: Escrito por Jason Aaron e desenhado por Esad Ribic em 2014.
Trama: Thor luta para salvar a Terra, mas o planeta está morrendo. A Agente da SHIELD Roz Solomon tem uma ideia: a nefasta empresa Roxxon e seu novo e brutal CEO, “O Minotauro”. Enquanto isso, no futuro o Rei Thor e suas netas, as Guerreiras do Trovão encaram uma batalha bem diferente para salvar das garras de Galactus o que restou da Terra.

Estória

O nascimento de Thor e a cidade dourada de Asgard: Thor Odinson nasceu da união do Pai de Todos Odin, rei e deus supremo de Asgard e da deusa da Terra Jord (conhecida em Midgard por Gaia). Thor é o príncipe e herdeiro ao trono de Asgard, que fica em uma dimensão acima de Midgard (Terra), nessa dimensão existem diversos reinos como Jotunheim (terra dos Gigantes de Gelo) e Valhala (lugar para onde vão os espíritos dos guerreiros que morrem em combate). Os Nove Reinos de Asgard são ligados pela Bifrost (Ponte do Arco-Íris), que é guardada por Heimdall. Thor ainda possui um irmão adotivo chamado Loki (deus das mentiras e trapaças).

Juventude, banimento e renascimento: Durante sua juventude, Thor era um grande guerreiro que vencia todas as batalhas que lutava, mas essas vitórias e a adoração dos súditos dos Nove Reinos o fez ter um comportamento arrogante e impulsivo, tanto que em uma de suas aventuras acaba cometendo uma grande falha. Perseguindo um pássaro de pedra que causava destruição, Thor acabou invadindo o Reino de Jotunheim, assim violando o tratado estabelecido por Odin. Para punir o filho e lhe ensinar a ter mais humildade e responsabilidade, Odin proclamou:

“Tu és o filho de Odin! Além de valente e nobre, tua alma é imaculada! Mas ainda és incompleto! Não tens humildade! Para consegui-la deverás conhecer a fraqueza… sentir dor! E para isso necessitas deixar o Reino Dourado e despir-te de tua aparência divina! A Terra, lá aprenderás que ninguém pode ser verdadeiramente forte se, em realidade, não for humilde! Por um tempo não mais serás o Deus do Trovão! A tua memória também tirarei! Agora, vai! Uma nova vida te espera!”

Após o banimento de Thor do Reino Dourado de Asgard, ele parou na Terra e assim nasceu o Doutor Donald Blake, com as memorias de uma vida humana, sem saber quem era na verdade. Blake era um talentoso médico, porém manco de uma perna. Assim Thor foi aprendendo pouco a pouco a lição da humildade até que seu destino se cumpriu.

O Retorno de Thor: Donald Blake em viagem a Noruega, acaba avistando a nave espacial dos chamados Homens de Saturno, ao fugir deles, Blake entra em uma caverna e lá encontra um cajado, ao bater o cajado contra o chão, transformou-se no Poderoso Thor e em sua mão estava seu fiel martelo mágico Mjolnir que só podia ser levantado por Thor ou alguém de igual nobreza de alma. Aos poucos, suas memorias retornam, e quando encontrou Odin toda a verdade lhe foi revelada.

Herói de Midgard: A Terra então ganhou mais um defensor, pois a compaixão com os mortais e a ligação mística com sua mãe, fez com que Thor preferisse continuar em Midgard á retornar definitivamente á Asgard (mesmo recebendo punições de Odin, como ser privado de metade de seus poderes). Mesmo com todos os percalços de Odin, Thor continuou atuando como um herói na Terra, sendo um dos fundadores da equipe Vingadores ao lado do Homem de Ferro, Homem Formiga, Vespa e Hulk, onde permaneceu por muitos anos sendo reconhecido mundialmente como um herói de grande valor.

Poderes e Armas

Thor é um deus, e como um possui diversos poderes e habilidades, além de força e velocidades sobre-humanas, como o deus do Trovão tem a habilidade de controlar as tempestades gerando raios, furacões e geadas. Thor também tem seu martelo Mjolnir, um objeto mágico que apenas o próprio Thor pode usá-lo ou alguém mais poderoso ou tão digno quanto Thor.

Poderes divinos: Thor possui Força Divina, Resistencia Sobre-Humana, Velocidade Sobre-Humana, Vigor Super-Humano, Longevidade, Fator de Cura Acelerado, Invulnerabilidade, Super Sopro, Voo, Auto Sustentação, Controle da Terra, Transcendencia de Dimensões, Manipulação de Energia, Atmocinese, Aerocinese, Criocinese, Eletrocinese e Manipulação da Chuva.

Poderes do Mjolnir: O martelo possui uma Ligação Mística, Manipulação do Tempo, Voo, Projeção de Energia, Explosão de Deus, Anti-Força, Termo-Explosão, Barreiras, Sensibilização de Energia, Manipulação da Matéria, Absorção e Redirecionamento de Energia, Manipulação de Matéria, Ressureição, Manipulação das Partículas Alfa, Negação da Energia Mística, Projeção de Energia Cósmica, Manipulação do Espectro Eletromagnético, Invisibilidade e Intangibilidade, Recuperação de Eventos, Transmigração de Almas, Absorção de Força Vital, Detecção de Ilusões, Mensagens interdimensionais, Transformação, Imunidade a Outras Forças, Cronocinese e Teletransporte Interdimensional.

Thor ainda é um mestre em combate corpo-a-corpo, um grande estrategista, também possui grande resistência mental e um limitado conhecimento em Magia. Ele usa como arma além do Mjolnir, a espada de Odin (na saga “Ragnarok”) e o machado Jarnbjorn.

Mjolnir

O Pai de Todos Odin, criou para Thor o poderoso martelo Mjolnir, ele é feito de um minério chamado Uru e forjado no coração de uma estrela pelos deuses ferreiros de Asgard, Brokk e Eitri. O martelo também é embutido de diversos encantamentos, em principal o “Encantamento do Digno”, onde somente aquele que fosse digno poderia erguê-lo, esse encantamento foi criado pelo próprio Odin para que a arma não caísse em mãos errôneas e perigosas. Esse encantamento faz com que somente alguém digno o suficiente possa erguê-lo, impedindo que seus inimigos se apossem dele ou qualquer um com objetivos não nobres. Para erguer o Mjolnir seu coração deve ser tão puro ou mais que o do próprio Thor.
Poucos conseguiram esta proeza como o guerreiro alienígena Bill Raio Beta, o humano Eric Masterson, o Capitão América e claro o próprio Odin.

Identidades Secretas

Como punição por quase causar uma guerra, Odin baniu Thor para a Terra e em seu banimento, Thor assumiu a identidade humana do Dr. Donald Blake. Após evoluir como pessoa, Blake foi abençoado por Odin e abandonou essa identidade se assumindo como Thor novamente.
Anos depois, Thor assumiu a identidade humana Sigurd Jarlson, um operário/engenheiro da construção civil.
Thor também passou um tempo com a identidade de Jake Olsen, um paramédico e motorista de ambulância.

Inimigos

Loki: Arqui-inimigo de Thor, Loki Laufeyson é filho de Laufey, rei dos Gigantes de Gelo do Reino de Jotunheim. Nascido muito menor e mais fraco que um gigante comum, era encarado com muita vergonha por seu pai e os demais de sua raça. Loki adulto voltou ao passado e com um feitiço fez Odin matar Laufey, assim Odin se sentiu culpado pelo assassinato e adotou o pequeno Loki como seu filho, juntamente com seu filho legitimo Thor. Ao longo da infância Loki se ressentiu com Odin e os demais asgardianos por preferirem Thor a ele, assim passou a estudar artes místicas com bruxas Nornes e com o tempo sua inveja aumentou e também sua determinação em destruir seu irmão adotivo. Ao longo dos séculos, Loki tentou destruir Thor inúmeras vezes, se tornando cada vez mais maléfico principalmente após aumentar sua formação nas artes das trevas por meio do feiticeiro Eldred.

Malekith: O Elfo negro Malekith, o maldito e deus da escuridão. Após uma aliança com Loki, Malekith assumiu o controle de vários seres humanos da Terra, lutando assim contra Thor, sendo derrotado pelo mesmo e aprisionado em Asgard.

Encantor: A feiticeira chamada também Amora é uma asgardiana deusa da sedução. Aprendeu feitiçaria com a Rainha dos Nornes, Karnilla até que esta a mandasse embora, ela continuou seus estudos por si própria principalmente no que consistia em explorar a sedução e o controle mental de pessoas. Ela sempre tentou a todo o custo o amor de Thor, mas não conseguindo partiu para uma vida de vilania ao lado do Executor, enfrentando por diversas vezes Thor e os Vingadores.

Executor: O carrasco Skurge, apaixado pela feiticeira Encantor é frequentemente usado em esquemas por ela e pelo deus trapaceiro Loki, contra Thor e os Vingadores.

Hela: Filha de Loki e da gigante de gelo Angurboda, deusa da morte e rainha dos reinos de Hel e Niffleheim. Muitas vezes ela tentou expandir seu território para o reino de Valhalla e por isso entrou em conflito com Odin e Thor. Hela também foi aliada de outros inimigos de Asgard o que a colocou em conflito direto com Thor.

Surtur: O demônio Surtur é um demônio gigante de fogo do plano extradimensional de Muspelheim, terra dos demônios de fogo. É preso por Odin no interior da Terra depois de formar uma aliança com os Trolls e tentar destruir o mundo. Ele enfrenta Thor quando invade a Terra.

Parcerias

Odin: O Pai de Todos, Odin Borson é o rei de Asgard e soberano dos Nove Reinos. Pai biológico de Thor, ele criou o martelo magico Mjolnir, preparando seu filho Thor para tomar seu lugar no trono em batalhas e em punições.

Balder: Meio-irmão de Thor, filho de Odin. É um grande aliado de Thor e o ajuda contra muitos inimigos como o Executor e o demônio Surtur.

Os três Guerreiros: Formados por Volstagg, Frandral e Hogun são os guerreiros e grandes amigos de Thor, o trio já travou diversas batalhas ao lado de Thor nos Nove Reinos.

Hércules: Banido do Olimpo após ir a Terra sem autorização, Hercules passou a atuar junto com os Vingadores, tornando-se membro oficial. Após muitas batalhas juntos Thor e Hercules se tornaram amigos, mas por vezes são rivais.

Bill Raio Beta: Pertencente à raça alienígena korbimita teve de fugir de seu planeta que seria destruído por Surtur. Durante a viagem foi modificado geneticamente ganhando poderes a fim de defender sua raça. Inicialmente Thor e Bill se enfrentam por ambos pensarem ser inimigos, Bill consegue levantar o Mjolnir e junto com Thor é levado para Asgard, os dois reivindicam o martelo e para resolver o impasse Odin cria um novo martelo para Bill chamado Rompe Tormentas, além de receber poderes semelhantes aos de Thor, a partir de então os dois se tornaram aliados e amigos.

Trovejante: Eric Masterson auxiliou Thor quando este estava muito ferido, sendo capaz de erguer o martelo Mjolnir para ajuda-lo. Passou um tempo substituindo Thor que estava sob punição de Odin quando Thor matou Loki. Quando Thor retornou, Odin presenteou Eric com uma maça de metal Uru Trovejante e ele passou a assumir a identidade de Trovejante.

Relacionamentos

Thor como um deus que já viveu por séculos tem uma boa lista de amantes que passaram por sua vida, mas vamos focar nas que mais o impactaram.

Lady Sif: O grande amor de Thor, Lady Sif é uma grande guerreira asgardiana que está sempre ao lado de Thor em suas batalhas. Irmã do guardião Heimdall, desde a infância estando ao lado de Thor e Balder, destacando-se como uma grande guerreira e chegando a ser considerada a melhor de Asgard. Uma vez foi capturada por um gigante que a entregou a Hela, Thor ofereceu sua própria vida por Sif, o que impressionou Hela que libertou os dois, esse fato o fez digno e o permitiu erguer o Mjolnir pela primeira vez. O casal passou por uma crise no período em que Thor foi banido para Midgard, mas reataram seu relacionamento após o término com a enfermeira Jane Foster.

Jane Foster: Uma enfermeira contratada pelo Dr. Donald Blake (Thor em forma humana), os dois acabaram se envolvendo e quando Thor se revelou para Jane, ele a levou para Asgard. Ganhando imortalidade e poderes divinos, Jane estava se preparando para casar com Thor, mas infelizmente não passou em um dos testes de Odin, assim sua memoria de Asgard foi apagada, sendo mandada para Midgard novamente. Após um tempo ela se casou com o médico Keith Kincard, mas ao saber do retorno de Thor em Oklahoma, a mesma se divorciou do médico, pois sua paixão por Thor também havia retornado.

Lorelei: Irmã mais nova de Encantor, ela também usa de sua beleza e astucia para conseguir seus objetivos, mas ao contrario da irmã ela não evoluiu seus poderes mágicos. Loki pediu que Lorelei seduzisse Thor com o objetivo de afasta-lo de Asgard, tarefa que não demorou em realizar valendo-se de uma poção magica. Thor ficou tão apaixonado e sob o controle de Lorelei que chegou a agredir Sif nesse período. Com o passar do tempo, Lorelei se cansou de Thor, mas continuou seu plano visando à posição de rainha de Asgard, mas para seu azar, ela inalou os vapores da poção que usou em Thor, o que a fez se apaixonar por Loki, algo que foi sua perdição.

Valquíria: Uma jovem mortal que anteriormente fazia parte do grupo Os Defensores, mas não tinha nenhuma habilidade sobre-humana nem talentos marciais. Após um tempo, ela se envolve com Thor e os dois assumem um relacionamento sério, neste período Valquíria tinha poderes semelhantes a Thor e também possuía um Pégaso negro, foi revelado ter uma herança asgardiana que é comprovada quando vai parar no reino de Hela se tornando sua serva, o que acabou definitivamente com seu relacionamento com Thor.

Brunilda: A mais forte das Valquírias (deusas guerreiras responsáveis por levar os heróis mortos para Valhalla), exerceu sua função fielmente por séculos.  Tudo mudou quando se apaixonou por Siegmund (identidade mortal de Thor), um guerreiro mortal, mas quando Odin decretou a morte do guerreiro Brunilda o desobedeceu e assim teve seus poderes removidos sendo colocada em transe. Libertada tempos depois por Siegfried (outra identidade mortal de Thor) os dois se tornaram amantes, mas quando ele fora assassinado Brunilda se matou em sua pira funerária sendo restaurada por Odin e tendo essas memorias removidas.

Encantor: A feiticeira Amora ou conhecida também por Encantor se tornou uma vilã não por buscar o poder ou ambição, mas por amor a Thor, tanto que muitas de suas artimanhas visam conquistar o coração do deus do trovão. Quando Thor ficou com seus poderes reduzidos (por punição de Odin), ele acabou correspondendo aos desejos de Encantor e os dois tornaram-se amantes vivendo por um tempo juntos em um apartamento em Nova York.

Mídias

Thor tem bastante relevância para o universo Marvel não apenas por suas estórias fantásticas sobre os deuses e batalhas épicas entre eles, mas também por ser um dos fundadores dos Vingadores e assim teve grande visibilidade nas HQs, o que naturalmente o transportou para outras mídias como TV, cinema e em videogames.
O personagem começou seu sucesso nas mídias nos desenhos animados, sua primeira aparição foi em “The Marvel Super Heroes” de 1966, depois participou dos desenhos: “Homem Aranha e Seus Amigos” (1981), “Quarteto Fantástico” (1994) e “O Incrível Hulk” (1996). Foi um dos protagonistas das animações “Esquadrão de Heróis” (2009) e “Vingadores: Os Heróis mais Poderosos da Terra” (2010). Nos filmes animados, Thor apareceu nos curtas “Os Supremos – O Filme” (2006), “Os Supremos 2: Descubra o Poder da Pantera” (2006), “Hulk Vs.Thor” (2009), “Thor: Tales of Asgard” (2011) e em “Next Avengers: Heroes of Tomorrow” (2008).
Thor teve uma versão live-action em um telefilme intitulado “O Retorno do Incrível Hulk” de 1988, sendo interpretado por dois atores, Steve Levitt como o Dr. Donald Blake (no filme Blake era capaz de conjurar Thor direto de Asgard) e Eric Allan Kramer como o Poderoso Thor.
Nos Videogames Thor aparece em: “Marevl vs Capcon: Clash of Super Heroes” (1998), “Marvel Ultimate Alliance (2006), “Marvel Super Hero Squad (2009), “Marvel: Ultimate Alliance 2” (2009), “Marvel Super Hero Squad: The Infinity Gauntlet” (2010), “Marvel vs Capcon 3: Fate of Two Worlds” (2011), “Thor: Godo f Thunder” (2011) e “LEGO MARVEL Super Heroes” (2011).

Atualmente

O personagem não fez grande sucesso ao estrear no Universo Cinematográfico Marvel, mas com o tempo foi conquistando a simpatia dos fãs principalmente ao se unir a equipe de heróis os Vingadores e no seu mais recente filme solo “Thor: Ragnarok”, um dos maiores sucessos da Marvel Studios atualmente. O personagem é interpretado nas telonas pelo ator australiano Chris Hemsworth nos seguintes filmes:
“Thor” (2011), uma adaptação da origem de Thor das HQs. Ao desobedecer à ordem de seu pai Odin, Thor invade o Reino dos Gigantes de Gelo e quase causa uma guerra entre os reinos de Asgard e Jotunheim, essa desobediência custou muito a Thor, pois seu pai bane-o para Midgard (Terra) para que aprenda as virtudes da humildade e da compaixão, além de aprender a ser mais responsável por seus atos, assim Odin tira a sua divindade e lhe toma seu martelo Mjolnir colocando o encantamento nele para que apenas uma pessoa digna possa empunha-lo. Todos os acontecimentos não passavam de uma trama formada por Loki, que tinha o objetivo de tomar o trono de Asgard para si tirando seu irmão adotivo Thor do caminho. Thor como humano tende lidar com sua nova vida, mas no início só pensa em encontrar seu martelo, mas com a convivência com a mortal e física Jane Foster, ele aprende o valor da humildade e acaba se apaixonando. Thor descobre o que é realmente ser digno, ao descobrir os reais valores da humildade, da compaixão e do sacrifício, ao enfrentar Loki, em sua loucura pelo trono de Asgard que quase matou seu pai Odin, Loki acaba sendo levado para outra dimensão enquanto Thor deve retomar seu lugar no reino de Asgard.  Este primeiro filme foi baseado na HQ “Journey Into Mystery” #83 de 1952, além de algumas HQs de mesmo título. Para sair um pouco da fantasia e da mitologia nórdica tornando a estória mais humana, o filme foi adaptado de forma mais simples, dispensando o alter-ego de Donald Blake que apenas aparece como uma identidade falsa em um ponto do filme e mantendo a memoria de Thor como um deus que perdeu seus poderes e que faz de tudo para recuperá-los. Outro personagem que teve sua origem modificada foi Jane Foster, que de uma enfermeira se tornou uma brilhante física-astrônoma que estuda justamente o ponto do Universo onde reside o Reino de Asgard.
Em “Thor – O Mundo Sombrio” (2013), após a primeira batalha com o grupo Vingadores contra seu irmão adotivo Loki, os dois retornam para Asgard, Loki é condenado a prisão perpetua e Thor sai com Lady Sif e os três guerreiros pelos Nove Reinos para trazer enfim a paz. Jane descobre uma anomalia extradimensional em um galpão em Londres que a leva para o Mundo Sombrio, um reino distante e abandonado ao qual ela encontra um elemento chamado Éter que entra em seu corpo a deixando com uma força sobre-humana. Os asgardianos descobrem que um raro alinhamento entre os Nove Reinos está prestes a acontecer e Thor ao descobrir que Jane havia sumido da Terra sai em busca da mesma, quando encontra a leva para Asgard, eles descobrem que o Éter uma força obscura antiga está em seu corpo. Os Elfos negros despertam e saem em busca deste elemento causando grande destruição em Asgard. Thor com ajuda de Loki consegue tirar Jane de Asgard e chamam a atenção dos Elfos negros e seu líder Malekith. Já no reino dos Elfos negros Malekith os encurrala e retira o Éter de Jane o tornando mais forte, Loki aparentemente morre para salva-la e Thor e Jane partem para a Terra atrás de Malekith. A nave mãe de Malekith aterrissa em um velho colégio naval de Greenwith em Londres. Thor e Malekith brigam e Jane prepara uma armadilha para o vilão que com seus equipamentos científicos consegue transporta-lo junto com sua nave para o Mundo Sombrio e o vilão acaba esmagado por sua própria nave. De volta a Asgard, Thor rejeita o trono dizendo preferir continuar protegendo os Nove Reinos. O Universo Cinematográfico Marvel sempre caminhou levando os espectadores a descobrir as Joias do Infinito e os filmes de Thor não estão longe disso principalmente por ter elementos diretos com as gemas. Este filme tem vários elementos baseados nas HQs “O Poderoso Thor: No Reino das Fadas” e “O Poderoso Thor: As Trevas e a Luz” de 1966 em que o Elfo negro Malekith enfrenta Thor e outros asgardianos, mas aqui ao invés de ser uma Caixa dos Invernos, Malekith está atrás do Éter que contem a Joia da Realidade.
O último filme da trilogia “Thor: Ragnarok” (2017), Thor está a procura das Joias do Infinito, mas acaba preso no Reino de Fogo do demônio Surtur que revela que Odin não está mais em Asgard e que o Reino será destruído pela profecia Ragnarok, para impedir isso Thor derrota Surtur e reivindica sua coroa. Retornando para Asgard Thor desmascara Loki que estava disfarçado de Odin e junto ele volta para Midgard em busca do pai. Ao o encontrarem, Odin está muito fraco, quase no fim de sua vida e revela ter uma filha que nasceu muito antes de Thor e que ela retornará trazendo o Ragnarok e se não for detida trará a destruição a todos os reinos. Quando Odin falece um portal se abre e Hela sai de sua prisão, ao enfrentar Thor e Loki, Hela os derrota facilmente até mesmo destruindo o martelo Mjolnir com suas próprias mãos. Hela vai para Asgard e inicia seu reino de terror enquanto Thor e Loki são enviados para o planeta Sakaar, um planeta distante e rodeado de lixo, Thor é capturado pela coletora e antiga Valquíria. Thor é levado para o governante do Planeta, o Grande Mestre que tem ao seu lado o ardiloso Loki que nada faz para safá-lo de ser usado como um gladiador pelo governante que o coloca para lutar contra seu campeão: O Hulk. Após uma luta arrasadora em que Thor consegue liberar pela primeira vez o grande poder do raio (mas só não vence por interferência do Grão Mestre), eles são colocados juntos no mesmo aposento e após muito conversarem sobre seus feitos eles escapam. Os dois com a ajuda da Valquíria e de Loki escapam de Sakkar de volta para Asgard que está sendo totalmente controlada por Hela, que está indo para Bifrost, os quatro enfrentam o exercito de mortos de Hela, Thor a enfrenta com todo o seu poder do raio. Vendo que não havia esperança de vitória, Thor manda Loki até o cofre de Asgard para colocar a coroa de Surtur no fogo eterno, o que faz o demônio aparecer trazendo o temido Ragnarok, o demônio destrói Asgard com Hela e seus soldados. Os sobreviventes e os heróis fogem em uma nave rumo a Terra. O filme foi baseado na saga “Thor: A Saga de Surtur” #01 a #06 de 1984, que traz diversos elementos adaptados ao filme, pois o Ragnarok é trazido justamente por esse demônio e sua espada Crepúsculo, o filme mudou a origem de Hela, nas HQs ela é filha de Loki, já no filme é tida como a filha mais velha de Odin.
Thor tem grande influencia nos filmes da equipe Vingadores por tratar das Joias do Infinito que primeiramente são usadas por Loki e na sequencia Thor está em busca do cetro de Loki que havia ficado na Terra. Thor participa dos filmes “Vingadores” (2012), “Vingadores: Era de Ultron” (2015), faz uma participação em “Doutor Estranho” (2016) e terá grande papel em “Vingadores: Guerra Infinita” (2018), onde o herói ao enfrentar o Ragnarok teve de levar os sobreviventes de seu povo para Terra, mas no meio do caminho encontram o Titã Thanos e esse encontro mudará tudo.

 

Nos filmes e às vezes nas HQs, Thor é tido como um personagem com muitos problemas de personalidade, pois muitos ainda preferem os heróis Homem de Ferro e Capitão América por serem um pouco mais complexos e com estórias fantásticas, mas as estórias de Thor também tem suas sagas complexas como a “Saga de Surtur”, além de personagens incríveis como Loki e Malekith, por vezes estas estórias não são bem compreendidas por estarem ligadas a mitologia nórdica, mas são incríveis. Já nos cinemas, Thor começou tímido e sem sal, mas seu terceiro filme “Ragnarok” trouxe ao espectador o porquê do herói ser tão importante para os Vingadores tanto nos cinemas quanto nas HQs, onde o herói liberta seu verdadeiro eu e conseguimos ver o verdadeiro deus que há dentro de si.
Voltando ao presente, no próximo filme “Guerra Infinita” qual será o destino de Thor? Será que sobreviverá a essa guerra? E os asgardianos irão sobreviver a mais esta guerra? Thor viverá para governar como um deus ou Asgard está morta para sempre?

Jessica Potter

Formada em História, Escritora e amante do Universo Geek.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *