Saiba Mais: Especial Marvel – Viúva Negra

Neste especial já foi destacado a estória dos mais poderosos Vingadores e porque não heróis do Universo Marvel, mas também devemos dar credito aos personagens que usam suas habilidades como principal arma contra os inimigos, personagens que mesmo sem poderes tem grande relevância nas HQs. Um desses personagens que devemos destacar por suas incríveis habilidades na área da espionagem é a Viúva Negra, vulgo Natasha Romanoff.
Está incrível espiã que trabalhava inicialmente para o mal, obteve sua redenção ao passar para o lado dos heróis, quitando sua conta no “vermelho” com seus esforços e atitudes para o bem dos que ama e do mundo. Nas HQs era inicialmente uma coadjuvante que ganhou espaço e sucesso entre os leitores que a viram não apenas como um mero apelo sexual, mas uma personagem de grande valor e importância para o Universo Marvel.
A Fase 3 da Marvel está chegando ao seu fim e a Viúva Negra interpretada nos cinemas pela atriz Scarlett Johansson já abrilhantou sua passagem em “Vingadores: Guerra Infinita” e futuramente ainda vai estrelar um filme solo sobre sua origem.
Nesta série especial vamos conhecer um pouco mais dos Vingadores originais do cinema, conhecendo suas origens e evolução tanto nos filmes quanto nas HQs.
Em comemoração e honra de sua trajetória de sucesso durante esses dez anos nos cinemas, vamos conhecer um pouco a personagem e sua transformação ao longo dos anos.

 

Apresento-lhes agora: A Viúva Negra.

 

A Criação

A Viúva Negra foi criada em 1964 por Stan Lee, Don Rico e Don Heck. Era originalmente uma antagonista nas HQs da Marvel, sendo primeiramente apresentada como uma inimiga do Homem de Ferro, mas anos depois sua personagem foi repaginada, resignada passou a usar suas habilidades para o bem.

 

Inspiração do Nome

A personagem foi criada durante o período da Guerra Fria, em que os EUA lutavam fortemente contra o comunismo vindo principalmente da antiga União Soviética, e para criar um personagem que contrastasse bem com este período e que se valesse da espionagem (era um tema muito popular na época), Stan Lee, Rico e Heck criaram um espião perfeito, forjado nas entranhas da União Soviética, mas para ser perfeito, ao invés de um homem foi criado uma mulher soviética para ser a perfeita espiã que usa além de suas habilidades de espiã, com força e resistência aprimoradas, ela seria mestre na arte da sedução, usando em demasiado esta ultima técnica para capturar suas presas, assim como a aranha Viúva Negra que lhe originou o codinome.
O alter-ego da Viúva Negra é Natasha Alianovna Romanoff, nascida em Volgogrado na atual Rússia.

 

Aparições

A Viúva Negra teve sua primeira aparição como antagonista na HQ “Tales of Suspense” #52 de 1964, na estória ela era uma super-espiã soviética e enfrenta diretamente o herói Homem de Ferro. Edições depois ela reaparece em “Tales of Suspense” #57 de 1964, desta vez aliada ao Gavião Arqueiro (está é a primeira aparição dele nas HQs ainda como vilão), mas a dupla é derrotada pelo Homem de Ferro. Após um tempo, o Gavião desiste da vida de crimes e mais tarde por amor a ele, a Viúva Negra rompe com a União Soviética, mas acaba sendo sequestrada e passa por uma lavagem cerebral que a torna novamente uma vilã.
Apenas em “Amanzing Spider-Man” #86 de 1970, a personagem foi repaginada pelas mãos de John Romita, que a redesenhou da maneira que conhecemos hoje com o colã preto e cabelos longos e ruivos. Depois de um tempo a Viúva Negra teve algumas de suas aventuras em uma HQ própria, mas que não emplacou, a Viúva então passou a ser uma coadjuvante nas HQs de “Deredevil” #81 a #124 de 1971 a 1975 (onde a Viúva Negra já agia como heroína ao lado do “Homem sem Medo”), em “The Avengers” #111 de 1973 (como membro efetiva), também nas HQs “The Champions” #01 a #18 de 1978, onde atuou como uma líder dos heróis Hercules, Motoqueiro Fantasma, Anjo e Homem de Gelo.

 

Revista Própria

A Viúva Negra começou a ter aventuras próprias nas HQs “Amanzing Adventures” #01 a #08 de 1971, era estórias escritas por Gary Friedrich e desenhadas por John Buscena que manteve a Viúva Negra repaginada de John Romita, além das estórias dela, a HQ também publicava estórias dos Inumanos e de Luke Cage. Já nos anos 80 teve suas estórias contadas na HQ especial “Marvel Fanfare” #10 a #13 de 1982 e 1983.
Depois de mais algumas aparições em outras HQs, a Viúva conseguiu sua própria HQ apenas em 1992 em “Viúva Negra: A Mais Fria das Guerras” #07. Claro que não parou por ai, então vamos conhecer um pouco mais das melhores HQs da Viúva Negra:

HQ “Tales of Suspense” #52: Escrita por Stan Lee e Don Rico, desenhado por Don Heck em 1964. Primeira aparição da Viúva Negra ainda como antagonista, mas ao contrario de outros personagens, nesta HQ não é contada a origem da Viúva.
Trama: O cientista e antigo Dínamo Escarlate, Ivan Vanko, agora redimido está se refugiando nos EUA e trabalha para Tony Stark, mas seus antigos chefes não se esqueceram dele e enviam dois de seus melhores espiões para trazê-lo de volta e se não fosse possível mata-lo, esses são Boris e Natasha Romanoff conhecida pelo codinome de Viúva Negra que usa de todo seu charme para atrair sua presa.

HQ “Tales of Suspense” #57: Escrita por Stan Lee e Larry Lieber, desenhado por Don Heck em 1964. Esta HQ marca o retorno da Viúva Negra ainda como antagonista, é também a primeira aparição do Gavião Arqueiro.
Trama: Após ser pego por dois policiais com joias que não eram suas, o Gavião Arqueiro foge e acaba encontrando a Viúva Negra que pretende usar as habilidades do arqueiro para destruir o Homem de Ferro.

HQ “Viúva Negra: Teia de Intrigas” #10 a #13: Escrita por Ralph Macchio e George Perez em 1982. Estas edições fazem parte das HQs especiais “Marvel Fanfare”.
Trama: Tem sido uma vida longa e animada para Natasha Romanoff, uma ex-espiã russa conhecida como a Viúva Negra que agora luta ao lado dos Vingadores, os Campeões, a SHIELD entre outros. Mas poderia terminar a Viúva cercada por assassinos internacionais? Antigos inimigos e novos estão usando o instrutor de Natasha, seu mentor e seu ex-marido contra ela, ou parece, mas quem e o que pode ser confiável na paisagem de mentiras de um espião? Nick Fury, Jimmy Woo e outros especialistas em espionagem.

HQ “Viúva Negra: A Mais Fria das Guerras” #61: Escrita por Gerry Conway e desenhada por George Freeman em 1982. Está é uma HQ do selo Marvel Graphic Novel.
Trama: Educada para servir ao Estado Soviético como uma bailarina do Bolshoi, Natasha Romanoff conheceu em Alexi o desejo e o amor, mas sua repentina morte a destroçou tanto que para honrar sua memoria, por ordens do Estado, se tornou a maior espiã da Guerra Fria, uma mulher cujo os dons de ser furtiva e ter o coração de gelo lhe concedeu o codinome de Viúva Negra, enfrentando diversos inimigos do ocidente. Até descobrir que seus mestres mentiram e todas as suas “verdades” eram apenas para lhe usar como uma arma, assim ela desertou nos EUA e passou a ajudar aqueles que um dia foram seus inimigos. Agora nas derradeiras horas da Guerra Fria, seu passado retorna e com ele seu mais profundo desafio: Seus mestres de outrora lhe dizem que Alexi pode estar vivo e o preço que cobram é baixo: Apenas sua honra, a sua alma.

HQ “Viúva Negra: A Aranha Itsy-Bitsy” #01 a #03: Escrita por Greg Rucka e Devin Grayson, desenhado por Scott Hampton e JG Jones em 1999.
Trama: Natasha Romanoff sempre teve uma vida emocionante, primeiro como uma espiã soviética da Guerra Fria, mas logo depois desertou para o Ocidente. Ela ganhou uma reputação ao longo dos anos como profissional consumada, friamente eficiente e tão mortal quanto seu codinome. Agora seu tempo de Viúva Negra pode estar no fim com o surgimento de Yelena Belova, a nova Viúva Negra, que procura reivindicar o manto que ela acha que foi roubado de sua pátria. Treinada nas artes da espionagem e combate, Belova está ansiosa para se provar e eliminar sua contraparte, e nada a deterá de seu objetivo. A batalha das duas Viúvas vai dos desertos do Oriente Médio a Nova York, mas quando a fumaça se dissipar quem ficará de pé?

HQ “Viúva Negra: Volta Pra Casa” #01: Escrita por Richard K. Morgan e desenhada por Bill Sienkiewicz e Goran Parlov em 2005.
Trama: Natasha tenta deixar a vida de espiã para viver uma vida comum, mas uma tentativa de assassinato faz com que ela volte ao jogo e persiga uma onda de assassinatos internacionais que a levarão de volta para a Rússia, um lugar que ela mau consegue reconhecer.

HQ “Viúva Negra: Origem Mortal” #01 a #04: Escrita por Paul Cornell e desenhada por Tom Raney em 2009.
Trama: O misterioso novo inimigo ICEPICK PROTOCOL prometeu matar todos que Natasha Romanoff ama. O que fará a Viúva Negra quando o alvo número um chegar perto demais?

HQ “Viúva Negra” #1 a #20: Escrita por Nathan Edmondson e Phil Noto de 2014 a 2015. Uma série de HQs com clima noir.
Trama: Natasha Romanoff está em busca de redenção e para isso está tentando corrigir seus erros do passado ao mesmo tempo em que se vê envolvida em uma teia conspiratória.

HQ “Viúva Negra: Na Mira da SHIELD” #01 a #06: Escrita por Mark Waid e Chris Samnee em 2016.
Trama: Natasha Romanoff tem uma vida cheia de segredos, o que faz dela uma das agentes mais perigosas do mundo, mas também um alvo fácil para qualquer um que conheça seu passado sombrio. Um homem misterioso conhecido no submundo apenas como “Leão Choroso” está ameaçando tornar publico todos os piores feitos da Viúva Negra, assim a espiã deve virar as costas para seus amigos e assumir o topo da lista de inimigos da SHIELD.

 

Estória

Infância: Natasha vivia em Stalingrado, atual Volgogrado na Rússia com sua mãe, mas o prédio onde vivia foi incendiado pelo Partido Nazista, e prestes a morrer sua mãe a atirou pela janela para o soldado Russo chamado Ivan Petrovitch. Ele a levou para o Programa Operação Viúva Negra da URSS, onde ela foi criada com outras 28 órfãs. Natasha e as outras foram levadas ao Departamento X, para serem treinadas em combate e espionagem na instalação secreta “Sala Vermelha”.

Sala Vermelha: Neste departamento, Natasha foi biotecnologicamente e psico-tecnologicamente melhorada (o que justifica sua vida extremamente longa e sua juventude), e para diminuir o terror do treinamento foi implantado nela memorias artificiais para que pensasse ter sido treinada no balé Teatro Bolshoi.

Tentativas de Fuga: Certa vez Encantor por diversão, manipulou Natasha a fazendo acreditar que poderia ser livre, mas no final Encantor impediu Natasha de fugir. Apesar das tentativas de fuga, isso acabou atraindo a atenção dos organizadores do programa, que ao contrario a teriam descartado se não vissem a força e habilidades crescentes na garota.

KGB: Eventualmente Natasha se casou com o piloto de testes soviético Alexi Shostakov e as habilidades de ambos chamou a atenção da Inteligência do Governo Soviético (KGB), pois viam que os dois se tornariam agentes especiais perfeitos, sendo que seu marido Alexi se tornou o Guardião Vermelho, uma resposta da URSS contra o Capitão América.

Viúva Negra: Foi dito a Natasha que seu marido Alexi havia morrido em um acidente com um foguete experimental, assim ela foi convocada pela KGB e se tornando sua melhor agente a ser treinada na Academia Sala Vermelha, tornando-se excelente em combate e em coletar informações. Durante um tempo, ainda foi treinada pelo Soldado Invernal e após terminar seu treinamento e se tornar a melhor agente da KGB, ganhou o codinome de Viúva Negra.

Carreira de vilã: A Viúva Negra foi designada a auxiliar Boris Turgenov no assassinato de Anton Vanko (antigo Dínamo Escarlate) por desertar nos EUA e se unir ao Homem de Ferro, mas o herói acabou frustrando seus planos de se infiltrar nas Industrias Stark. Depois de um tempo, usando o Gavião Arqueiro, a Viúva o fez entrar em confronto com o Homem de Ferro, mas mais uma vez saíram frustrados. A parceria ainda durou um tempo, onde também confrontaram o Homem Aranha e mais duas vezes o Homem de Ferro, sendo que na ultima vez quase conseguiram derrota-lo, mas a Viúva acabou ferida e o Gavião recuou para leva-la a um lugar seguro.

Sem Escolha: Durante este período, os dois se apaixonaram e a Viúva já estava pensando em desertar da URSS, mas quando seus empregadores descobriram seus planos, a balearam mandando-a para o hospital e convencendo o Gavião a se unir aos Vingadores. Desta maneira a Viúva foi levada aos seus mestres que fizeram uma lavagem cerebral, a forçando a se unir ao Espadachim e ao Poderosos para destruírem os Vingadores.

Se libertando das algemas: O plano de destruir os Vingadores não deu certo, sendo todos derrotados pelos heróis, assim Natasha conseguiu superar os efeitos da lavagem cerebral e desertou da URSS, cortando relações com a KGB. Tentando uma nova vida, ela acabou ajudando os Vingadores contra o grupo racista Filhos da Serpente.
Então foi concedido anistia a Natasha que fez uma proposta aos Vingadores, os ajudando na batalha contra os Ultroids e expulsando da Terra a raça Ixar que estavam tentando invadir. No entanto foi contratada por Nick Fury para espionar seus antigos mestres em nome da SHIELD, assim sendo forçada a recusar fazer parte dos Vingadores e a romper com o Gavião como parte da missão, a imprensa a marcou como uma traidora.

Vida de heroína: A Viúva Negra foi para a China para cumprir sua missão com a SHIELD, mas seus antigos mestres não confiavam nela e a fizeram se submeter ao Psychotron, uma maquina que poderia fazer lavagem cerebral em qualquer pessoa. A Viúva provou ter muita força de vontade e teve de ser drogada e presa. Ao descobrirem que Natasha estava sendo mantida prisioneira pelos seus mestres comunistas, os Vingadores foram para a China resgatá-la, mas tiveram que enfrentar o Guardião Vermelho (o ex-marido de Natasha que aparentemente estava morto), com a ajuda de Natasha, os Vingadores impediram o plano dos comunistas de usar o Psychotron contra o mundo ocidental. Durante a batalha, Natasha se feriu e o Guardião Vermelho aparentemente pereceu.
Após se recuperar, Natasha deu um tempo em sua vida de ação, mas não aguentou ficar parada por muito tempo, desenhou um novo traje preto, adaptou seus braceletes e partiu para sua nova vida de heroísmo entrando em confronto com vilões fantasiados e figuras do submundo.

 

Viúva Negra II

Yelena Belova aos 15 anos foi escolhida para se tornar a nova Viúva Negra, já que Natasha Romanoff havia desertado e transferido sua lealdade para os EUA. Yelena treinou por quase uma década na academia de espionagem Sala Vermelha (a mesma em que Natasha foi criada). Yelena tinha um mentor chamado Starkovsky que era obcecado por Yelena, tanto que pagou uma mulher chamada Petra para vestir o uniforme de Yelena e satisfazer suas fantasias, mas a mulher ficou psicótica e acabou matando Starkovsky. Com a morte de seu mentor, Yelena matou Petra para vinga-lo e aceitou se tornar a Viúva Negra.
Graduando-se na Sala Vermelha, ela se tornou a primeira aluna a superar as marcas de Natasha. Ansiosa para se provar e reivindicar o codinome apenas para ela, Yelena foi atrás de Natasha, mas apesar do primeiro confronto ao qual conseguiu superar Natasha, Yelena a deixou viver, assim a competição entre as duas se tornou cada vez maior e mais presente pelo codinome Viúva Negra.

 

Habilidades

Apesar de parecer uma humana comum, a Viúva Negra possui alguns poderes sobre-humanos por consequência de sua passagem na Sala Vermelha em que lhe aplicaram uma variação do Soro Super-Soldado e como resultado, algumas de suas habilidades foram extensamente aprimoradas como: Fisiologia Artificialmente Reforçada, Pico da Força Humana, Pico da Velocidade Humana, Agilidade Sobre-Humana, Reflexos Super-Humanos, Pico da Resistencia Humana, Pico dos Sentidos Humano, Pico da Resistencia Mental, Pico do Sistema Imunológico Humano e Longevidade.
Ela também possui habilidades pouco comuns como: Ela é Mestre em Artes Marciais, Acrobata, Ótima Atiradora, Multilíngue, Superdotada, Dançarina de balé, Especialista em Táticas, Mestre em Sedução e uma eximia Perita em Espionagem.

 

Armas e Acessórios

Habitualmente a Viúva Negra usa duas pulseiras para disparar o “ferrão da viúva”, que é uma rajada de até 30 mil volts, capaz de desestabilizar um humano superpoderoso numa distancia de até 1000 pés. Também dispara cartuchos de gás lacrimogênio, cordas e os braceletes ainda agem como um transmissor de radio.
A Viúva também carrega discos de plástico explosivo equivalente a 20 quilos de TNT em seu cinto e usa pistolas automáticas, facas , bombas, armas de choque, além das clássicas armas colocadas em fivelas nas pernas.

 

Inimigos

Sendo uma super-espiã, a Viúva Negra possui diversos inimigos, tantos que seria impossível listar, pois já participou de diversas equipes tanto do bem quanto do mal, conquistando diversos inimigos durante sua vida, vamos ver alguns deles:

Viúva Negra II: Considerada a arqui-inimiga de Natasha, Yelena Belova passou pelo mesmo treinamento que ela na Sala Vermelha e se tornou uma super-espiã, tão boa que se igualou a Natasha em muitos aspectos. Tornou-se mestre em espionagem, rastreamento e sabotagem, mas é bem influenciável e ingênua o que faz seus chefes se aproveitarem dela para alimentarem seu ódio, seu patriotismo e a tornarem uma arma movida por ordens. Seus mestres a fizeram acreditar que Natasha traiu a Rússia ao desertar nos EUA e se tornar uma heroína, também fizeram Yelena acreditar que ela era a verdadeira Viúva Negra e que Natasha usava o codinome falsamente, mas no fundo eles a consideram descartável.

Guardião Vermelho: Alexi Shostakov era um militar exemplar que foi selecionado para o projeto Supersoldado soviético, se tornando o Guardião Vermelho, era como uma versão soviética do Capitão América. Nesse período se casou com Natasha antes dela se tornar a Viúva Negra, mas o exercito e a KGB avisaram a Natasha que Alexi havia morrido durante um experimento. Na verdade os experimentos o tornaram um homem cruel e frio, com superforça, velocidade e resistência, além de ter sido treinado em combate e armamento, ou seja, uma verdadeira arma. Tempos depois foi enviado para enfrentar os Vingadores onde Natasha já integrava.

Damon Dran: Damon Dran era um milionário que desenvolveu uma enorme paranoia sobre a chegada de uma Terceira Guerra Mundial, assim começou a buscar meios para sobreviver, financiando o Projeto Quatro que transformou seu corpo o tornando indestrutível, superforte e com resistência física fora do comum. Sua maior inimiga é a Viúva Negra que foi responsável por roubar os planos do Projeto Quatro.

Dama de Ferro: Melina Vostokoff foi uma das garotas selecionadas para a Sala Vermelha juntamente com Natasha, mas apesar de habilidosa, sempre foi à segunda em tudo atrás de Natasha e isso a fez nutrir muita inveja e ciúmes. Quando Natasha se tornou a Viúva Negra, Melina furiosa abandonou sua terra natal e se tornou uma mercenária independente, passando a utilizar uma armadura versátil e flexível que lhe permitia lutar com todas as suas habilidades em artes marciais, também lhe concedendo superforça e uma blindagem que a defende de tiros e golpes de laminas. Quando foi contratada para caçar a Viúva Negra viu sua chance de se vingar.

Lotus Negra: Com um passado e nome desconhecidos, a Lotus Negra é uma assassina profissional que foi contratada por Damon Dran para caçar a Viúva Negra. Ela é uma incrível lutadora, com grande conhecimento em varias artes marciais, usa armas orientais como sais, facas, mas principalmente leques com laminas afiadas.

Vaqueira: Outra mercenária contratada por Damon Dran para matar a Viúva Negra. Laralie era uma vaqueira que abandonou os rodeios e se tornou uma assassina, possuía grande habilidade com o laço e um revolver típico do Velho Oeste.

Boca de Leão: Sheoke Sanada e seu irmão Kono foram contratados para matar a Viúva Negra, mas acabaram falhando em sua missão. Seu irmão Kono era um ex-lutador de Sumô que passou a usar suas habilidades como assassino profissional, já Sheoke é muito habilidosa nas artes marciais, ela conta também com alguns equipamentos tecnológicos como um elmo com um visor que lhe permite rastrear pessoas atrás de paredes e no escuro, além disso ainda usa um bastão longo e outras armas típicas ninjas.

 

Parcerias

É de se imaginar que para ser a melhor espiã do mundo, Natasha não poderia ter nenhuma afiliação com as pessoas ao seu redor, apesar dos seus vários relacionamentos, Natasha geralmente não tem amigos para compartilhar suas frustações ou alegrias preferindo geralmente a solidão, mas não é algo triste, ela foi criada desta maneira então estar sozinha para ela é algo normal. Como heroína, a Viúva Negra já incorporou a equipe dos Vingadores, Os Campeões, Vigilantes, Libertadoras e finalmente a SHIELD. Em missões com heróis solo, a Viúva já foi parceira do Gavião Arqueiro, Demolidor, Capitão América e de Bucky Barnes.

 

Relacionamentos

Como uma mestre na arte da sedução principalmente por ser uma espiã, a Viúva Negra conquistou uma diversidade de relacionamentos durante sua vida, estes foram seus mais importantes amantes:

Gavião Arqueiro: Considerado por muitos fãs, como o grande amor da vida de Natasha Romanoff. Clint Barton começou sua carreira como vilão ao trabalhar para a Viúva Negra quando a mesma ainda estava sob os serviços da KGB. Clint se apaixonou por Natasha e ela usou dessa paixão para usá-lo e algumas de suas missões, para ajuda-la a roubar projetos entre outros serviços para a inteligência soviética. Depois de um tempo Clint começa a se questionar e a pensar em deixar de ser um criminoso, mas Natasha ainda conseguia controlá-lo e o manteve na criminalidade. Quando Clint finalmente decide começar uma nova vida como herói ao lado dos Vingadores, Natasha perdendo seu parceiro percebe que também sentia algo especial por ele e começa a questionar sua lealdade com a URSS, esse fato chegou ao conhecimento de seus superiores que a sequestraram e lhe fizeram lavagem cerebral e a manda atacar os Vingadores, mas a Viúva acaba libertando sua mente com a ajuda de Clint. Atuando agora com os heróis e assumindo um relacionamento verdadeiro e de amor reciproco com Clint, apesar de conturbado, os dois ficam juntos por um bom tempo, tanto que ele a pedi em casamento.
Um tempo depois, a Viúva decide seguir sua carreira de heroína sozinha, mas acaba se envolvendo com o Demolidor o que ocasiona na eventual separação do casal, os tornando apenas bons amigos e parceiros de equipe.

Demolidor: Matt Murdock foi um parceiro de combate ao crime e romântico de Natasha num certo relacionamento de idas e vindas. Depois de um tempo juntos em São Francisco, Natasha e Matt retornam a cidade de Nova York para combater juntamente com os Vingadores o Guardião Vermelho (Alexi, ex-marido de Natasha), após a batalha vencida, Natasha foi chamada para integrar os Vingadores ao que aceitou abandonando sua então parceria com o Demolidor. Logo depois, Natasha percebe que não estava dando certo na equipe e volta a trabalhar sozinha e neste meio tempo ela e Matt retomam seu relacionamento, mas o relacionamento estava meio abalado somando ainda o fato de ela achar que Matt a deixava de lado em campo como parceiro de luta, assim o relacionamento terminou mais uma vez. Ela ainda ajudou o Demolidor a reviver Elektra, mas percebe que seu relacionamento com Matt não seria mais que platônico, mesmo eles ainda tendo sentimentos um pelo outro.

James Bucky Barnes: Ainda como Soldado Invernal, ele ajudou a treinar a futura espiã Natasha Romanoff, nesta mesma época ela estava “prometida” por seus treinadores e tutores russos ao piloto Alexi Shostakov (seu futuro marido), mas isso não a impedia de ter fortes sentimentos pelo Soldado Invernal que também se apaixonou por Natasha e assim os dois tiveram um breve relacionamento. Com a volta de Bucky agora ao lado dos heróis, ambos se tornaram parceiros muitas vezes, sendo que Natasha ajudou Bucky em sua transição e na sua decisão de se tornar o novo Capitão América. Com o tempo, os dois se reaproximaram e reataram seu antigo romance agora como eles mesmos: Bucky e Natasha.
Atualmente Bucky e Natasha mantem um relacionamento amoroso.

Hercules: Durante o período em que passou na Califórnia, Natasha participou do grupo chamado Os Campeões no qual Hercules fazia parte. Neste meio tempo, os dois tiveram um caso não muito sério que acabou em menos de um ano.

Alexei Shostakov: No início de sua carreira como espiã russa, Natasha se casou com o piloto russo Alexei Shostakov. Ambos se tornaram agentes da KGB, mas logo Alexei teve sua morte forjada para cumprir outras missões como o Guardião Vermelho. Natasha acreditou na sua morte e anos depois Alexei voltou para enfrentar os Vingadores e assim Natasha descobriu que sua morte fora forjada. Ela ajudou os Vingadores a derrotarem Alexei que trajava o manto de Guardião Vermelho, onde foi morto durante as luta a tornando uma verdadeira “Viúva”.

Homem de Ferro: Quando Natasha ainda trabalhava para a KGB em missões que envolviam roubo de artefatos ou informações das Indústrias Stark, a Viúva Negra usava de sedução para iludir Tony e ter acesso ao que queria. Eles tiveram um breve relacionamento que acabou quando Tony descobriu a verdade sobre a então vilã. Ao se tornar uma heroína, Natasha trabalhou muitas vezes com Tony, fazendo parte inclusive da sua equipe em Guerra Civil.

 

Mídias

A Viúva Negra com o tempo se tornou mais do que apenas uma coadjuvante, mas uma heroína de grande valor para os grupos aos quais integra. Saindo das HQs, a Viúva Negra teve certa importância em diversas mídias, além do cinema em animações e games.
Nos desenhos animados a Viúva Negra apareceu em: “The Marvel Super Heroes” (1966), “Iron Man: Armored Adventures” (2008), “Esquadrão de Heróis” (2009), “Vingadores: Os Heróis mais Poderosos da Terra” (2010), “Ultimate Spider-Man” (2012) e em “Vingadores Unidos” (2013).
A Viúva também esteve presente nos filmes de animação: “Ultimate Avengers” (2006) e na sequencia “Ultimate Avengers 2” (2006), também em “Lego Marvel Super Heroes: Maximum Overload” (2013).
Nos games, a Viúva Negra faz presença em: Spider-Man: Web of Shadows (2008), Marvel: Ultimate Alliance 2 (2009), Marvel vs Capcom 3 (2011), The Super Hero Squad Online (2011),  Marvel: Avengers Alliance (2012), Marvel: Contest of Champions (2014), Marvel Future Fight (2015) e em Marvel Avengers Academy (2016).

 

Atualmente

No Universo Cinematográfico Marvel, a Viúva Negra foi integrada como uma coadjuvante assim como na maior parte das estórias em que aparece nas HQs da Marvel, interpretada pela atriz Scarlett Johansson que revelou ter lutado pelo papel, pois se apaixonara pela personagem pintando seus cabelos de vermelho bem antes de ser cotada para o papel da espiã.
“Homem de Ferro 2” (2010) foi a estreia da personagem no Universo Cinematográfico Marvel, apresentada inicialmente como uma secretaria contratada para ficar no lugar de Pepper que assumiu as Industrias Stark, sendo a secretaria pessoal de Tony. Quando o mesmo está morrendo por conta do paládio do reator em seu peito Nick Fury revela que sua secretaria e nada menos que uma agente da SHIELD, Natasha Romanoff, a Viúva Negra. Ela continua seu disfarce enquanto Tony se recupera, ela também o ajuda a derrotar seu inimigo, Ivan Vanko. Timidamente Natasha cresce durante o filme, apresentada como uma simples secretaria, mas que com pequenas atitudes mostra ser mais do que aparenta, o melhor é a cena em que entra em ação ao lutar pela primeira vez nas telonas com o uniforme original da Viúva Negra.
“Os Vingadores” (2012) aqui Natasha se apresenta sem disfarces, ela é a Viúva Negra que trabalha como uma agente da SHIELD em missões pelo mundo, sua ultima missão é interrompida quando descobre que seu amigo de longa data Clint Barton, o Gavião Arqueiro teve sua mente possuída por Loki, ela é a responsável por trazer Bruce Banner para o grupo Vingadores, lutou bravamente na batalha de Nova York contra os Chitauri e por fim, foi a responsável por fechar o buraco de minhoca que permitia a invasão dos alienígenas a Terra. Neste filme a Viúva Negra teve uma participação bem maior, sendo tão importante quanto os outros heróis que foram apresentados em seus filmes solo, a Viúva teve papel importante por ser uma mulher poderosa mesmo sem poderes, com habilidades excepcionais e uma visão de mundo singular.
“Capitão América 2: O Soldado Invernal” (2014), neste filme a Viúva Negra aparece como uma parceira nas missões da SHIELD ao lado do Capitão América, com o Capitão ela descobre a trama da HYDRA que para a surpresa de todos estava mais viva que nunca e agia de baixo do nariz da SHIELD como um vírus, a Viúva ajudou o Capitão a revelar a HYDRA para o mundo, bem como a revelar os segredos mais obscuros da SHIELD (os segredos dela inclusive), além de lutar contra o Soldado Invernal e os capangas da HYDRA.
Neste filme Natasha está muito mais independente e mostra porque ganhou a alcunha de melhor espiã do mundo, mas acima de tudo que seu passado serviu para construir seu novo caráter como uma pessoa que se importa com os parceiros e com o bem maior.
“Vingadores: Era de Ultron” (2015), os Vingadores estão de volta reunidos para arrumar a bagunça que a SHIELD deixou pra trás quando caiu, mas principalmente não deixar que a HYDRA usa-se o cetro de Loki que estava aparentemente sob o domínio da SHIELD. Durante a batalha contra o Barão Von Strucker, o Gavião Arqueiro acaba ferido e a Viúva é quem o socorre, também é ela a responsável por “acalmar” o Hulk trazendo Banner de volta de sua transformação com uma canção. Quando Ultron se liberta do domínio de Tony, Natasha é atacada por Wanda Maximoff que distorce a sua realidade e a faz recordar dos horrores da Sala Vermelha, ela ainda é sequestrada por Ultron em uma missão quase bem sucedida e no fim luta bravamente na batalha contra Ultron em Sokovia.
Neste filme o público já conhece bem a força da Viúva Negra, mas também conhecemos seu lado sedutor em seus flertes com Bruce Banner que apesar de se fazer de durão por conta do perigo que o Hulk trás, ele acaba confiando em Natasha e ela nele, a meu ver é um romance nada convencional, mas interessante dado o histórico dos dois personagens que sempre caminham sozinhos em suas vidas.
“Capitão América: Guerra Civil” (2016), em uma missão onde tudo deu errado, os Vingadores acabam divididos por um protocolo que obriga os heróis a se registrarem e assim serem responsabilizados pelas tragédias que causam, a Viúva Negra com sua consciência pesada pelo mal que fez no passado, concorda e assina o acordo ficando ao lado de Tony Stark, mas durante o filme entende que o que esta em jogo também é a vida de Bucky ao qual conhece bem a história e com a ajuda de Natasha, o Capitão e Bucky conseguem escapar do Homem de Ferro e sua equipe, assim ela passa para o lado do Capitão América e se torna uma fugitiva.
Neste filme Natasha parece estar mais triste que o normal, talvez pelo abandono de Bruce Banner ou simplesmente por se sentir culpada pelos eventos em Sokovia e na Nigéria, ao qual as ações dos Vingadores causaram muitas mortes, diferentemente de “Capitão América 2: O Soldado Invernal” em que ela tem uma importância como uma co-protagonista, aqui ela é apenas uma coadjuvante que pouco faz no filme, sua única grande ação foi permitir a fuga do Capitão com Bucky e claro sua união aos Vingadores Secretos.
Atualmente ela ainda foi uma das grandes heroínas em “Vingadores: Guerra Infinita”.

 

 

Enfim, apesar de geralmente ser vista como uma coadjuvante, a Viúva Negra é uma grande personagem com uma bela história dentro do Universo Marvel, sua importância se dá por ser um personagem que dá suporte e mesmo sem poderes consegue ser tão poderosa quanto o Homem de Ferro e o Capitão América por exemplo. Ela andava meio sumida nos últimos tempos, mas seu sucesso nos cinemas, sendo interpretada pela talentosa Scarlett Johansson trouxe vida e personalidade à personagem, a fazendo reviver no imaginário de muitos fãs de quadrinhos. Um filme solo da personagem será desenvolvido e o que todos esperam é vê-la em sua melhor forma nas telonas, seja contando mais sobre seu passado ou dando uma continuidade a sua estória.
E o que mais podemos esperar da Viúva Negra no futuro do Universo Cinematográfico Marvel?

Jessica Potter

Formada em História, Escritora e amante do Universo Geek.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *