Saiba Mais: O Majestoso Aquaman

Aquaman, um personagem visto por muitos anos sem qualquer importância para a Liga da Justiça e que está voltando aos holofotes. Esse mito de que o Aquaman é um herói imprestável nasceu lá atrás, quando a TV transmitia o desenho animado “Super Amigos” (1973), produzido pela Hanna-Barbera em que colocava o herói em situações incomuns, onde apenas servia quando a situação se dava dentro d’agua. Com essa representação pobre, o herói passou a ser visto como imprestável e isso o atingiu também em suas HQs que passaram a não vender tanto, mesmo tendo ótimas estórias. Os anos se passaram e a DC não desistiu de seu herói aquático, dando novas roupagens a ele, como no desenho “Liga da Justiça” (2001) e mais recentemente nos filmes reboots da DC, onde o Aquaman ganhou a importância tão almejada. Tudo melhorou, ainda mais com a apresentação de sua versão live-action, interpretado por Jason Momoa, o Aquaman teve sua primeira aparição cinematográfica no filme “Liga da Justiça” (2017), fazendo muito sucesso e conquistando o tão sonhado respeito.
A DC Films está se reformulando e com o lançamento do filme solo do Aquaman, vamos conhecer um pouco mais desse herói que tem uma grande estória, dentro e fora d’agua.

 

A Criação   

                  

O personagem Aquaman foi criado por Paul Norris e Mort Weisinger em 1941, estreando na série de HQs “More Fun Comics” #73, inicialmente como um herói secundário, passando a herói principal com o tempo.

 

Inspiração

Não é novidade que a DC Comics e a Marvel Comics tem muitos personagens parecidos e, diga-se de passagem, até copiados um dos outro, um exemplo que já foi citado em “Saiba Mais: O Mercenário Tagarela  – Deadpool”, em que o personagem foi uma clara “cópia” ou paródia bem-humorada do sombrio Exterminador da DC Comics. No caso do Aquaman é o contrário, a DC Comics se “inspirou” em um personagem da Marvel Comics.
Em 1939, Bill Everett criou o personagem Namor McKenzie, também conhecido como Namor – O Príncipe Submarino, estreando na HQ “Marvel Comics” #01. Namor é um mestiço, sua mãe é atlanteana e seu pai humano, o tornando um híbrido, mas para os parâmetros da Marvel Namor é considerado um Mutante, ele vive em Atlântida, sendo o seu rei. Notou alguma semelhança? A estória do Aquaman é basicamente a mesma.
Aquaman significa literalmente Homem-Aquático, ele é meio-atlantiano e como Namor é o Rei de Atlântida, a DC Comics fez sua estreia em 1941.
Como já diz uma frase conhecida “Nada se cria, tudo se copia”, esta foi uma bela “cópia” que a DC Comics fez, já que o personagem é um dos mais importantes em seu cânone, e apesar das duras críticas por décadas, o Aquaman está conseguindo o respeito que tanto merece.
O nome completo do Aquaman é Arthur Joseph Curry, seu nome atlante é Orin, nascido na pequena cidade costeira de Amnesty Bay.

 

Aparições

O Aquaman foi criado no período chamado Era de Ouro dos Quadrinhos, a sua primeira versão apareceu na série de HQs “More Fun Comics” #73 a #107, depois do cancelamento da série o personagem passou a integrar a série de HQs “Adventure Comics” #103 a #284, onde ainda era um personagem secundário que complementava as aventuras do Superboy.
Depois de uns anos, o personagem passou a integrar a série de HQs “Detective Comics” #293 a #300 e depois passou para “World’s Finest Comics” #125 a #139.
Após quase 20 anos, o Aquaman finalmente apareceu na capa de um quadrinho, sua primeira capa foi na série “Brave and the Bold” #28, essa foi a estreia da Liga da Justiça.
Por muitos anos o Aquaman fez aparições nas HQs “DC Comics Presents” e “Liga da Justiça”, fazendo parceria com diversos heróis.

 

Revista Própria

O herói ganhou sua revista própria em 1962, na HQ “Aquaman” #01, em uma série que durou 56 edições. Depois desta, Aquaman ganhou outras séries solo até o reboot da DC com Os Novos 52 e a continuação mais atual DC Renascimento.
Em sua primeira HQ solo, o duende aquático chamado Qwsp pede ajuda a Aquaman e seu ajudante Aqualad para derrotar Trolls de Fogo, que ameaçam destruir tanto o mundo subaquático como também o mundo da superfície.
Esta foi a primeira de muitas aventuras do Aquaman, ao qual tem diversas boas estórias, vamos conhecer algumas das melhores:

 

HQ “More Fun Comics” #73: Escrita por Mort Weisinger e ilustrada por George Papp em 1941.
Nesta HQ temos a primeira aparição dos heróis Aquaman e Arqueiro Verde, sendo esta a HQ que dá a primeira versão de origem de ambos os heróis.
Trama: Um cientista e explorador sem nome usa a ciência da antiga Atlântida para dar a seu filho o poder de respirar debaixo d’agua, ele usa esse e outros presentes para combater o mal no mundo.

HQ “Aquaman” #01: Escrita Jack Miller e ilustrada por Howard Purcell e Nick Cardy em 1962.
Esta é a primeira HQ solo do herói que já contava com seu ajudante Aqualad.
Trama: Um Qwsp pede a ajuda de Aquaman e Aqualad para deter três colossais Trolls de Fogo que se libertaram de um vulcão através de uma fissura abaixo dos oceanos, estes Trolls são um grande risco a vida submarina e da superfície.

HQ “Aquaman – A Busca por Mera” #40 a #48: Escrita por Steve Skeates e ilustrada por Jim Aparo em 1968.
Trama: A poderosa rainha Mera sumiu sem deixar qualquer pista, temendo por sua esposa, Aquaman parte em uma investigação pelos sete mares, contando com a ajuda de Aqualad, Aquagirl e Vulko. Porém, ao deixar Atlântida abandonada, um político corrupto do círculo da realeza se prepara para dar um golpe de Estado, tirando Aquaman do trono.

HQ “Aquaman – A Morte de um Príncipe” #57 a #63: Escrita por David Micheline e ilustrada por Jim Amparo em 1977.
Trama: Arraia Negra coloca em ação um plano cruel para tirar o chão de Aquaman, este plano com a ajuda de outros vilões é tão eficiente que acaba por matar o príncipe de Atlântida, Aquababy, o filho de Aquaman e Mera.

HQ “A Lenda do Aquaman” #78: Escrita por Keith Giffen e Robert Loren Fleming, ilustrada por Curt Swan e Eric Shanower em 1989.
Trama: Nesta epopeia acompanhamos toda a história de Aquaman, desde seu nascimento e expulsão da cidade de Atlântida, até o seu retorno, a sua retomada do trono e finalmente a sua entrada para a Liga da Justiça.

HQ “As Crônicas de Atlântida” #01 a #07: Escrita por Peter David e ilustrada por Esteban Maroto em 1990.
Trama: Esta minissérie conta a história de Atlântida por meio dos olhos dos reis que a governaram antes de Aquaman.

HQ “Aquaman Ano Um – O Tempo e a Maré” #01 a #04: Escrita por Peter David e ilustrada por Kirk Jarvinen de 1993 a 1994.
Esta minissérie de HQs é considerada a que deu a origem oficial do herói, nela o Aquaman retrata um pouco da história de Atlântida e um pouco da sua juventude.
Trama: Aquaman relata a sua primeira aventura como um herói do mundo da superfície, o seu trabalho em equipe com o Flash, seu primeiro romance e ainda o seu primeiro encontro com o Mestre do Oceano, ao qual descobre ser seu meio-irmão.

HQ “Aquaman – Maré Americana Vol. 06” #15 a #20: Escrita por Will Pfeiffer e ilustrada por Patrick Gleason em 2004.
Trama: A cidade de San Diego acaba submersa pelo oceano, mas quase todos os residentes que lá viviam acabaram se adaptando e conseguindo respirar debaixo d’água. Enquanto lida com crimes comuns, Aquaman busca compreender o motivo dessa mudança totalmente sobrenatural.

HQ “Aquaman: A Espada de Atlântida” #44: Escrita por Kurt Busiek e ilustrada por Kackson Guice em 2005.
Este é o primeiro título do herói que veio após a grande saga “Crise Infinita”.
Trama: Acompanhamos um jovem Arthur Curry em seu início como o herói Aquaman e os desafios ao qual passou para encontrar seu verdadeiro lugar no mundo.

HQ “Aquaman – Trono de Atlântida” #14: Escrita por Geoff Johns e ilustrada por Pete Woods e Pere Pérez em 2013.
Esta HQ foi originalmente publicada como uma mini saga dentro da série de HQs da Liga da Justiça. Também serviu de base para a produção do filme “Aquaman” (2018).
Trama: Antes de ser o Aquaman, Arthur Curry foi o rei de Atlântida, mas os supersticiosos atlantes, com o seu ódio profundo pelos habitantes da superfície, nunca poderiam aceitar totalmente um líder meio humano. Arthur então deixou Atlântida e se uniu a Liga da Justiça, entregando o controle do império a seu meio-irmão Orm, o Mestre do Oceano. Desde então, o mundo sob as ondas tem mantido paz frágil com o resto do planeta. Até agora.

HQ “Aquaman – As Profundezas” #01 (Os Novos 52): Escrita por Geoff Johns e ilustrada por Ivan Reis e Joe Prado em 2015.
Esta é outra HQ que serviu de base para o filme “Aquaman” (2018).
Trama: Sob as águas que cobrem a Terra, Aquaman reina supremo, mas no mundo da superfície, o Rei dos Mares está fora de seu elemento. A humanidade o despreza e o desrespeita, da mesma forma que faz com o oceano que ele comanda. Porém, uma nova ameaça aterrorizante emergiu do abismo negro quilômetros abaixo da superfície. Lá, nenhuma luz alcança, e apenas a fome e o ódio conseguem sobreviver. O Fosso acaba de ser aberto, despejando seu horror, e Aquaman precisará fazer uma escolha que vai contrapor a sobrevivência de uma espécie (a nossa espécie), à outra ou o mundo todo será arrastado para o abismo!

 

Estória

Praticamente todos os personagens da DC Comics possuem algumas biografias distintas, falando do Aquaman, este foi o personagem que mais teve estórias de origem até chegar ao pouco que conhecemos hoje em dia, então neste “Saiba Mais” vou contar a estória de origem mais aceitável entre os fãs da DC Comics.

O Nascimento do Fruto Proibido: A Rainha Atlanna era a governante do mundo subaquático de Atlântida, mas ela gostava de viajar principalmente para a superfície, em uma de suas viagens ela conheceu o faroleiro Tom Curry, eles se conheceram durante uma noite de tempestade quando Atlanna acabou desfalecendo junto ao mar. Tom a salvou, a levando para o farol. Com o passar do tempo, ambos se apaixonaram e Atlanna constantemente fazia visitas a Tom, desta maneira ela fora banida do reino de Atlântida.
Passando a viver com Tom, Atlanna ficou grávida de um fruto proibido, um híbrido entre as espécies, nascia Arthur Curry, o futuro Aquaman.

O Sacrifício: Atlanna foi chamada de volta a Atlântida afim de unir dois reinos por meio de seu casamento com um príncipe. Atlanna manteve o seu relacionamento e seu filho em segredo, e para manter ambos em segurança teve que voltar para Atlântida, mas antes revelou a Tom sobre a sua verdadeira origem e que seu filho herdara a capacidade de respirar debaixo d’agua e falar com toda a vida marinha. Essas habilidades surgiram quando Arthur completou 2 anos, quando Tom o encontrou submerso na água, brincando como se estivesse na superfície.

Juventude: Atlanna padeceu de uma morte misteriosa e assim que Tom soube de sua morte ele prometeu a Arthur que iria treiná-lo física e psicologicamente, para que um dia conseguisse controlar todos os seus poderes, dizia que um dia seu filho iria ser o Rei dos Mares.

Outra Perda: Tom treinou Arthur durante anos, até o ponto em que Arthur ficou poderoso e preparado para viajar até Atlântida. Infelizmente após tanto esforço, seu pai Tom acabou sendo assassinado por um mercenário e caçador de tesouros. Com ódio, Arthur foi atrás do assassino e acabou o matando por vingança. Com esta grande perda, Arthur decidiu abandonar o farol e partir para Atlântida.

Atlântida: Ao chegar em Atlântida, Arthur não foi muito bem recebido, principalmente ao revelar a sua origem, pois a maioria dos atlantes não aceitavam muito bem ter alguém entre eles que não fosse sangue atlante puro.

O Rei de Atlântida: Passado alguns anos, Arthur adquiriu alguns rivais, mas também provou o seu valor como um verdadeiro atlante, conquistando a admiração e o respeito do povo, assim conseguiu fazer valer o seu direito de nascença e foi coroado rei.

O Nascimento do Aquaman: Arthur nunca se esqueceu de sua metade humana e por vezes viajava para a superfície ajudando comunidades costeiras, com o tempo passou a ser conhecido como um herói e ganhou a alcunha de Aquaman.

 

A Mão Que Lhe Falta

Desde meados dos anos 90 é conhecido que o Aquaman tem um arpão no lugar de sua mão esquerda, mas como isso aconteceu?
O acidente ocorreu em uma de suas HQs solo de 1994, onde Aquaman enfrentava o vilão Charybdis, o herói havia perdido momentaneamente a sua habilidade de se comunicar com os seres marinhos, assim o vilão se aproveitou, subjugando Aquaman e mergulhando sua mão esquerda em um tanque repleto de piranhas famintas.
Assim, a mão esquerda de Aquaman foi devorada, mas o herói não se deu por vencido, conseguindo se livrar de Charybdis, Aquaman o jogou no mesmo tanque, onde o vilão foi devorado pelas mesmas piranhas.
Na animação “Liga da Justiça” (2001),  essa estória foi alterada, o herói foi capturado pelo Mestre do Oceano que ameaçou matar seu filho, sem saída Aquaman para salvar o filho da morte cortou sua mão esquerda que o prendia a corrente e assim conseguir salvar seu herdeiro.

 

A Fama de Inútil

No início de sua trajetória nas HQs, o Aquaman nunca foi um herói de grande relevância, apesar de um tempo depois ter se tornado membro fundador da Liga da Justiça, o herói não era muito utilizado na superfície por conta de suas habilidades que funcionavam melhor dentro d’agua. Tudo piorou para o Aquaman com a criação da animação “Super Amigos” desenho produzido pela Hanna-Barbera de 1973 a 1986, a animação em si não era uma obra de arte, contendo muitos furos nas estórias dos herói apresentados, mas tudo foi muito pior para o Aquaman. Mesmo sendo um dos personagens principais da animação, ele mau aparecia e quando a sua participação era necessária sempre se dava com estórias referentes a água, o personagem não tinha muito poder e falava muito com os peixes, destacando ainda que o seu arqui-inimigo o Arraia Negra tinha mais relevância para o desenho e aparecia em mais episódios que o próprio Aquaman.
Desde então, o herói passou a sofrer com o preconceito daqueles que apenas acompanhavam o desenho e também a ser ignorado por aqueles que sabiam que o herói não era nada do apresentado no desenho.
O Aquaman passou a ser visto como uma figura de zombaria e depreciação, e essa zombaria passou para outras mídias como em algumas de suas próprias HQs da Era de Ouro e de Prata dos Quadrinhos, também nas animações “Superman: A Série Animada” (1996) e “Batman: The Brave and Bold” (2008), até mesmo na série “Smallvile – As Aventuras do Superboy” (2001) o personagem fez a sua aparição com um traje esportivo que lembrava muito a animação dos anos 70.
Enfim, nenhuma dessas aparições fez jus a importância do personagem e apenas ajudaram para que o personagem sofresse cada vez mais rejeição do público.

 

A Volta Por Cima

Como tudo na vida não dura para sempre, a fama de inútil do Aquaman também não perdurou por muito tempo, existiram pessoas que acreditavam no potencial do personagem como é visto em algumas de suas HQs mais antigas como “O Tempo e a Maré”, que mostram um Arthur Curry como um grande herói, capaz de grandes feitos pelos habitantes de Atlântida e da superfície.
Após muitos anos e muita zombaria, eis que a DC Comics resolve fazer uma reformulação em sua editora onde todos os heróis teriam novas estórias de origem a partir da minissérie “Flashpoint”. Nesta minissérie em questão, o Aquaman e a Mulher Maravilha estão em lados opostos em uma guerra que se inicia após ambos terem tido um caso, Mera descobre ao enfrentar Diana acaba morta pela mesma, ao saber do assassinato de sua esposa Aquaman inicia uma guerra do seu povo contra as Amazonas. Nesta minissérie todos os personagens tem um estilo sombrio, já o Aquaman aparece com um estilo mais militar, poderoso e temível.
Na fase mais recente, a DC Renascimento não trouxe grandes mudanças no estilo do personagem, mas trouxe uma nova roupagem a ele e a suas aventuras que ficaram cada vez mais sombrias.
A partir de então, o Aquaman passou a ser visto com outros olhos tanto pelo público quanto pela crítica, passando seu sucesso para os games e mais recentemente para o Mundos da DC nos cinemas, com a sua nova e ousada aparência na pele do ator Jason Momoa.

 

Família Aquaman

Na DC Comics alguns de seus personagens possuem uma “Família”, que geralmente é composta por membros aliados do personagem ou que são o que são por terem sido seus aprendizes, um grande exemplo é a Bat Família composta essencialmente por aprendizes do Batman, como o Asa Noturna, o Capuz Vermelho e até o Robin.
A versão do Aquaman é bem parecida com essa, sua família é composta por diversos aprendizes e aliados, eles são:

  • Mera
  • Kordax
  • Garth Kaldur (Aqualad I)
  • Lisa Morel (Aquagirl I)
  • Jackson Hyde (Aqualad II)
  • Selena (Aquagirl II)
  • Tula (Aquagirl III)
  • Shalako
  • Cora
  • Lorena Marquez (Aquagirl IV)

 

Outras Versões do Aquaman

É quase uma regra que personagens de quadrinhos de maior sucesso ganhem outras versões, sejam versões femininas, animalescas ou históricas. Com certeza a versão mais conhecida recentemente é o Presunto-Aranha da Marvel, a contraparte do Homem-Aranha, também a versão feminina de Thor do mesmo Universo Marvel, mas a DC também tem suas versões, inclusive do Aquaman que iremos conhecer.

  • Aquaduck: Versão animalesca do Aquaman, na série de HQs “Just’a Lotta Animals”, que é uma versão da Liga da Justiça dos Looney Tunes. Além do Aquaduck, estão presentes na equipe Green Lambkin (uma versão do Lanterna Verde carneiro) e o The Crash (um Flash tartaruga).
  • Rei Arthur de Atlântida: Esta é uma paródia da história do Rei Arthur e os Cavaleiros da Távola Redonda. Nesta versão, o Aquaman se aposentou de seus afazeres de herói, se concentrando apenas em ser o rei de Atlântida. A personalidade do protagonista se assemelha muito a do Rei Arthur de Camelot. Arthur Curry indica seu sobrinho para ser o novo Aquaman, deixando assim a Liga da Justiça em segundo plano e dedicando todo o seu tempo para o seu reino e seu povo.
  • Aquadus: A Tangent Comics mostrou uma versão totalmente nova dos personagens da DC, em que inverte a personalidade dos personagens. Nesta versão, o Aquaman é uma figura maligna composta apenas por agua que tenta inundar toda a humanidade para assim governar a Terra como um ser supremo. Felizmente ele acaba sendo impedido por uma equipe de heróis terrestres formados pelo Caçador e o Coringa.
  • Aquawoman: A personagem faz parte de uma realidade modificada dos quadrinhos em que os gêneros de todos os personagens são invertidos. Nesta versão, a Aquawoman se une a Superwoman e a Batwoman para combater ameaças em seu mundo. De todos os personagens retratados, é ela quem possui mais experiência em combate e maturidade como heroína.
  • Rei do Mar: Outra versão modificada do Universo DC, onde os heróis e vilões são invertidos. Nesta versão, Aquaman é retratado como um ditador severo de Atlântida que representa uma grande ameaça para a Terra.
  • Aquaman de Stan Lee: Certa vez a DC Comics convidou Stan Lee para uma série limitada de quadrinhos, sua missão era reinventar os personagens mais clássicos da DC. Assim, para o Aquaman, Lee criou o personagem Ramon Raymond, um biólogo marinho de personalidade gentil que conseguiu superpoderes de uma misteriosa substancia verde brilhante em um mergulho. Após essa transformação, Raymond poderia transformar seu corpo em liquido, controlando a sua forma de densidade.
  • Flashpoint: Esta versão do Aquaman nunca aprendeu a amar a humanidade, ele se tornou um poderoso governante de Atlântida, capaz de colocar seu reino acima de qualquer pessoa. Quando o seu poder é ameaçado pelas Amazonas (guiadas por Diana), ele se transforma em um tipo de Deus da Guerra, capaz de qualquer coisa para proteger o seu povo. Esta é a versão do Aquaman com menos moralidade, ele chega a afundar toda a Europa Ocidental e não possui misericórdia com qualquer humano.
  • Mariner: Em um período em que a Marvel e a DC não possuía tanta rivalidade, ambas se uniram em algumas séries especiais de HQs, uma dessas séries foi uma realidade combinada das duas editoras. Esta versão retratava um universo em que ambas as empresas criaram versões conjuntas de seus heróis mais semelhantes. Mariner é a junção de Aquaman e Namor (seu similar da Marvel), essa mistura resultou em um personagem que adquiriu o melhor de cada parte da fusão.

 

Poderes, Habilidades e Armas

O Aquaman tem uma série de poderes sobre-humanos, muito por sua origem atlante, mas também por sua linhagem real e sua dupla herança (humana e atlante), que o tornaram um ser ainda mais superior, para todos os efeitos ele é considerado um super-atlante, não apenas por poder respirar fora d’agua por mais tempo que um atlante normal, mas pelos poderes de:

  • Fisiologia Híbrida Atlante: Devido a sua natureza hibrida ou a sua herança real, Arthur pode permanecer em um tempo ilimitado fora das aguas, além de ser muito forte, rápido e resistente que qualquer outro atlante. Ele também é capaz de suportar as profundidades esmagadoras do oceano profundo, bem como o ambiente severo do mar.
  • Adaptação Subaquática/Visão Noturna: É capaz de mover-se normalmente debaixo d’agua, mesmo com a pressão de qualquer profundidade, temperatura ou falta de luz.
  • Durabilidade Sobre-Humana/Invulnerabilidade: Seu corpo é resistente a ferimentos de armas comuns como lanças e espadas, consegue sobreviver a explosões nucleares e sobrevive sem dificuldade em bacias sombrias e profundas do oceano.
  • Resistência ao Calor Extremo: Arthur já sofreu várias explosões de energia sem sair ferido, além disso, saiu sem qualquer ferimento ao emergir de uma cama de lava aberta sob o mar.
  • Vigor Sobre-Humano: A força vital de Aquaman é sobre-humana, ele demora muito a ficar cansado ou fraco.
  • Sentidos Sobre-Humanos/Sentido Sonar: Aquaman tem a capacidade de ver, ouvir e cheirar de uma forma sobre-humana. Ele é capaz de ver através das aguas turvas mesmo durante a noite e enquanto está acima da água, também é capaz de enxergar a 36 mil pés abaixo do fundo do oceano claramente. A sua super-audição é capaz de ouvir os batimentos cardíacos de um ser vivo através da maior parte de um submarino. Aquaman também possui um senso de sonar inato onde é capaz até mesmo de sentir água próxima.
  • Agilidade/Reflexos Sobre-Humanos: Essas habilidades são aumentadas a níveis sobre-humanos em Aquaman.
  • Velocidade Sobre-Humana/Super-Nado: Arthur é um ser surpreendente rápido seja enquanto corre ou nada.
  • Super-Força: A força de Aquaman permite que monte quantidades insuperáveis de peso, ele é tão forte que consegue bater de frente com a Mulher-Maravilha e até o Superman, sendo que a sua força equivale 70% da força total do Superman.
  • Super-Salto: Aquaman pode se lançar no ar, saltando de fora da terra ou se desenrolando fora da água aberta como um torpedo.
  • Fator de Cura: Aquaman consegue se curar muito mais rápido que qualquer outro humano ou atlante normal.
  • Resistência a Magia: Arthur tem grande resistência e sobrevive a grandes ataques mágicos.
  • Magia Atlante/Conjuração de Feitiços: Aquaman sendo metade atlante e também rei de Atlântida (através de uma barganha com antigos deuses), consegue conjurar feitiços e possui o poder de magias antigas atlantes.
  • Telepatia/Comunicação Telepática/Ilusões Telepáticas: Arthur tem uma telepatia compatível com os seres humanos e até mesmo com alienígenas, é capaz de se comunicar telepaticamente com outras pessoas, lê mentes com pouca dificuldade e também projeta ilusões telepáticas.
  • Ataque Telepático: É capaz de projetar ataques telepáticos em humanos, com esses ataques faz com que sintam dor de cabeça, invadi suas mentes até mesmo faz terem convulsões, sendo capaz de derrotar um marciano branco sozinho.
  • Controle Mental dos Seres Marinhos: Todos acreditam que o Aquaman consegue falar com as criaturas marinhas, mas isso é apenas mito imposto pelo desenho “Super Amigos”, na verdade ele pode redirecionar os processos de pensamento dos cérebros de qualquer criatura marinha para obriga-los a ajuda-lo quando precisa, também envia transmissões telepáticas mundiais quando necessário, mas essa habilidade exige muito de sua força mental.
  • Manipulação Psiônica da Vida Marinha: Arthur é capaz de alterar a evolução de uma criatura marinha, podendo a transformar de um herbívoro dócil a um ser carnívoro e violento.
  • Acesso ao Clear/Empatia Marinha: Aquaman tem a capacidade de sentir as emoções primitivas das criaturas aquáticas através do “The Clear” (O Clear funciona como uma consciência universal de toda a vida marinha). Através do Clear, o Aquaman pode se comunicar ou comandar vida marinha do outro lado do planeta, podendo ver o que veem e muito mais. Esse poder também pode alcançar criaturas da terra que antes eram aquáticas.

Com todos esses poderes e habilidades fica fácil entender porque o Aquaman não usa armas, a não ser o seu arpão, que no lugar da sua mão esquerda se mostra útil, assim como o seu famoso tridente, a arma que lhe dá o direito e poder para ser o Rei dos Mares e de Atlântida.
O Tridente é muito poderoso e lhe fornece os poderes de:

  • Empoderamento Divino
  • Magia Antiga
  • Anulação de Magia
  • Projeção de Energia Mágica/Explosões Mágicas
  • Campos de Força
  • Manipulação do Clima
  • Eletrocinese/Explosões Elétricas
  • Hidrocinese/Controle Sobre os Mares
  • Geocinese
  • Criocinese
  • Teletransporte/Viagem Interdimensional
  • Resistencia a Magia Thule
  • Manipulação do Campo de Bane
  • Voo

Inimigos

Mestre do Oceano: Arqui-inimigo do Aquaman. Orm Marius é o meio irmão de Arthur Curry por parte de mãe, por ter sido criado no oceano entre os atlantes ele alega ser o verdadeiro herdeiro do Trono de Atlântida. Assim, Orm e Arthur possuem grande rivalidade principalmente em se tratando de ideais, já que Orm defende a supremacia dos atlantianos, acreditando que os humanos devem ser eliminados da Terra. Excelente estrategista, Orm possui os mesmos poderes de Aquaman. Orm possui um Tridente que ganhou do demônio Neron, esse Tridente lhe permite lançar energia e outros poderes mágicos, mas não pode se afastar muito do Tridente, pois quanto mais longe mais insuportável é a dor.

Arraia Negra: Outro arqui-inimigo do Aquaman. David Hyde era um mercenário e caçador de tesouros que trabalhava neste ramo com seu pai. A vida de David e Arthur se cruzou quando o pai de David assassinou Tom Curry (pai de Arthur), furioso Arthur perseguiu e matou o pai de David na frente do mesmo. A partir de então, David jurou vingança, deixou de ser um mercenário e passou a todo custo buscar vingança pela morte do pai. O Arraia Negra não é um atlante, é um humano comum que possui um equipamento de mergulho de alta tecnologia que além de lhe garantir um suprimento de ar, também amplia a sua força física o colocando quase no mesmo nível que o Aquaman.

Rei Morto: O maior governante de Atlântida foi o Rei Atlan que sofreu uma estória trágica. Atlan foi traído por seu irmão Orin e pelo povo, Orin usurpou o seu trono, matou a esposa de Atlan e seus filhos, além disso, caçou Atlan e aqueles que lhe eram leais. Enfurecido, Atlan forjou sete armas místicas e com uma delas, o Cetro do Rei Morto, afundou Atlântida no oceano. Na atualidade, o Rei Morto, como é chamado, ressurgi reclamando o trono para si, mesmo sem o cetro é capaz de gerar ondas gigantes e alterar o estado da água, criando tempestades de gelo.

Charybdis: Charybdis e sua esposa Scylla eram bioterroristas internacionais. Durante um de seus crimes, Aquaman acabou intervindo e acidentalmente causou a morte de Scylla.
Charybdis enlouquecido passou a buscar vingança contra o Aquaman e assim criou um dispositivo que era capaz de absorver os poderes de Aquaman. Usando o dispositivo contra Arthur, Charybdis impediu que Aquaman conseguisse se comunicar com a vida marinha em geral, assim ele mergulhou a mão esquerda de Aquaman em um tanque cheio de piranhas que a devoraram. Por sorte, Aquaman conseguiu fugir mergulhando Charybdis no mesmo tanque, mas como o mesmo ainda estava com a habilidade de falar com os peixes do herói, Charybdis em vez de ser devorado acabou tendo o corpo fundido aos peixes e ironicamente passou a se chamar Homem-Piranha.

Qwsp: Um espirito da água da Quinta Dimensão. Essencialmente Qwsp não é maligno, tendo no início das estórias de Aquaman aparecido como um amigo, o ajudando em diversas missões, mas o mesmo passou muito tempo longe da nossa dimensão, assim quando retornou, encontrou um Aquaman amargurado pela perda do filho e da mulher. Qwsp altera a sua consciência para se tornar um amigo melhor para Aquaman, mas acaba se transformando em um ser maligno e sombrio, que inicia uma gigantesca guerra entre a Terra, a Quinta Dimensão e a Oitava Dimensão.

Enguia: Mort Coolidge era um criminoso de poderes telepáticos que atuava em Gotham, mas passou para a cidade de San Diego. Quando a cidade foi atingida por um tsunami e parte dela ficou debaixo d’agua, Coolidge percebeu que seus poderes eram amplificados embaixo d’agua e assim passou a atuar como um vilão aquático, se tornando o vilão Enguia.

Rei das Criaturas: Jed Coombs era um mergulhador que foi atacado por um grupo de tubarões, mas acabou salvo por Aquaman. Infelizmente, Coombs ficou severamente ferido e não conseguia sobreviver, até que acabou servindo de cobaia em um experimento do Dr. Olson. O médico pretendia criar um híbrido entre humano e Karaqan (uma fera ancestral que protege Atlântida). O resultado transformou Coombs em uma quimera, e como o seu cérebro sofreu diversos danos ele passou a acreditar que o Aquaman era uma ameaça a Atlântida, assim Coombs se tornou o vilão Rei das Criaturas, tão forte e poderoso quanto o próprio Aquaman.

Sereia: Hila é a irmã gêmea de Mera, possui os mesmos poderes da irmã, mas a sua personalidade é maligna. Sob o alter-ego Sereia, ela comanda o Esquadrão da Morte (equipe de guerreiros de elite do reino de Xebel) e quer a todo o custo matar Aquaman e provar ser digna de controlar o oceano. Ela a todo o momento tenta superar Mera, por se sentir inferiorizada.

 

Parcerias

Por ser um rei, Aquaman tem a obrigação de ser sociável com todos os seres do mundo, formando alianças pelo mundo afora e principalmente parcerias que o ajudam a proteger o seu lar, Atlântida.
Sua maior aliada com certeza é sua própria esposa, a rainha Mera. Mera é uma guerreira excepcional e muito poderosa principalmente quando está próxima a agua. Aquaman sabe que pode deixar o reino a seu cargo sem qualquer problema, pois a mesma é tão poderosa quanto ele.
Como qualquer herói da DC que se prese, Aquaman também tem os seus ajudantes. Um dos mais fiéis companheiros é Aqualad, chamado Garth Kaldur ele é o filho adotivo de Aquaman e Mera, mas foi descoberto mais tarde ser ele o filho biológico do Arraia Negra. Mesmo com a descoberta, Kaldur decidiu permanecer leal a família que o adotou. Kaldur permaneceu ao lado de Aquaman até ser assassinado na saga “Na Noite Mais Densa”.
O Aqualad II apareceu anos depois, seu nome Kaldur’ahm. Híbrido de humano e atlante Jackson Hyde é filho de um ex-capanga de Arraia Negra que acabou desertando entre os atlantes. Kaldur’ahm foi criado longe da água até descobrir a sua verdadeira identidade atlante e se unir a Aquaman e Mera.
Além deles houveram as Aquagirls, no total foram quatro Aquagirls, elas são: Lisa Morel, Selena, Lorena Marquez e a mais conhecida, Tula. Assim como os Aqualads, todas as Aquagirls são ajudantes tanto de Aquaman quanto de Mera, os auxiliando a proteger Atlântida e a superfície.
Também por ser um rei, Aquaman passa a maior parte de seu tempo no oceano e por isso não cria grandes relações de amizade com os heróis da superfície, a não ser os membros fundadores da Liga da Justiça.
O Aquaman é um membro assíduo da Liga da Justiça, mas também já fez parte das equipes Os Outros, Casa de Atlan e formou a Família Aquaman.

 

Relacionamentos

Mera: Grande amor de Aquaman. Ela era uma princesa do reino de Xebel (povo de Atlântida que foi banido para o Triângulo das Bermudas), inicialmente Mera foi enviada para matar Aquaman, para assim vingar seu povo pelo banimento. Acontece que ambos se apaixonam e esse plano de vingança é abandonado. Os dois iniciam quase que imediatamente um relacionamento e uma parceria, já que Mera é uma poderosa atlante capaz de manipular a agua da maneira que desejar. Depois de certo tempo, Aquaman a tornou a sua rainha e ambos tiveram um filho chamado Arthur Curry Jr., conhecido também como Aquababy. Infelizmente o bebê fora raptado pelo Arraia Negra e morto, essa tragédia causou a separação do casal (Mera culpava Aquaman pela tragédia). Depois de muito tempo, ambos reataram o casamento e a parceria, sendo que o amor de ambos jamais se findou.

Delfim: É dito que Delfim é a ultima de uma antiga raça submarina. Delfim e Aquaman confrontaram e derrotaram o vilão Charybdis (apesar de ter custado à mão do herói), logo depois, os dois se uniram em algumas aventuras e como neste período Aquaman estava separado de Mera, ambos começaram um relacionamento. O relacionamento se dissolveu com a mudança de temperamento de Aquaman, que passou a se tornar mais agressivo.

 

Mídias

Geralmente as mídias ajudam a popularizar os personagens dos quadrinhos, mas no caso do Aquaman essa popularização começou de uma forma totalmente negativa, e apesar de muitas tentativas em dar uma imagem mais heróica ao personagem, apenas recentemente o Aquaman ganhou o seu merecido reconhecimento.
Apesar de tudo, o herói de uma maneira ou de outra sempre esteve presente nas mídias como os seriados, animações e games.
Nas animações, o Aquaman aparece em “Aquaman” (1967), “The Superman/Aquaman Hour of Adventure” (1967), “Super Amigos” (1973), “Superman: A Série Animada” (1996), “Batman: The Brave and Bold” (2008), “Liga da Justiça” (2001), “The Aquaman & Friends Action Hour” (2003), “Liga da Justiça Sem Limites” (2004), “Justiça Jovem” (2010), “Justice League Action” (2016).
Nos filmes animados, o personagem aparece em “Liga da Justiça – A Nova Fronteira” (2008), “Liga da Justiça: Ponto de Ignição” (2013), “As Aventuras da Liga da Justiça – Armadilha do Tempo” (2014) e “Liga da Justiça: Trono de Atlântida” (2015).
Nos games o herói aparece em “Justice League Task Force” (1995), “Aquaman Battle for Atlantis” (2003), “Justice League Heroes” (2006), “DC Universe Online” (2011), “Injustice” (2013), “DC Legends” (2016), “Injustice 2” (2017) e “LEGO DC Super-Vilões” (2018).
O Aquaman também já teve uma versão live-action, que teve a sua primeira aparição na série “Smallvile – As Aventuras do Superboy” (2001), onde Arthur Curry, interpretado por Alan Ritchson aparece com um traje esportivo laranja e verde. O personagem aparece no episódio quatro da 5ª temporada.
Em 2006 o canal The WB começou a produzir uma série solo do herói, com o ator Justin Hartley no papel principal, o episódio piloto foi gravado, mas a série acabou sendo cancelada.
O canal Nickelondeon produz o desenho animado “Bob Esponja” desde o início dos anos 2000, criado por Stephen Hillenburg, ele foi o responsável por mais uma sátira ao personagem Aquaman que inspirou o personagem Homem-Sereia. O Homem-Sereia é uma cópia clara da versão do Aquaman produzido pela Hanna-Barbera nos anos 70.

 

Atualmente

A DC Comics (antigamente chamada de National Allied Publications) em 1969 se fundiu com a então Warner Bros/7, a partir daí se iniciou uma parceria que dura até os dias de hoje, rendendo filmes, animações e seriados, sejam eles sucessos ou fracassos.
A Warner/DC tem uma grande estória nos cinemas, sendo ela a primeira a produzir conteúdos de super-heróis que se tornaram sucesso e história, não é possível falar de séries de super-heróis sem lembrar da cômica série “Batman” de 1966, nem falar de cinema de heróis sem citar os nostálgicos filmes do Superman e do Batman dos anos 70 e 80. A DC/Warner fizeram história em um período em que heróis eram vistos apenas nas bancas de jornais, e para o bem ou para o mal, hoje temos uma indústria rica, com uma diversidade de filmes, séries e animações de heróis graças ao pioneirismo deles.
Deixando um pouco a história de lado, vamos nos focar no personagem principal deste artigo: O Aquaman. Por décadas um personagem ridicularizado pelo público e mídia em geral, a DC/Warner viu que o personagem poderia ser recuperado se o produzissem da maneira certa, assim como ocorreu através dos anos em suas HQs e filmes animados.
Tudo começou com a reformulação da DC nos cinemas, que há muitos anos estava apanhando feio da sua concorrente Marvel, sendo seu último grande sucesso a trilogia “O Cavaleiro das Trevas” de Christopher Nolan.
A DC começou a criar o seu universo expandido, o intitulando Mundos da DC, e o Aquaman seria um de seus personagens principais. Interpretado por Jason Momoa, a DC trouxe um Aquaman “badass”, com um ar mais descontraído e ao mesmo tempo trazendo a seriedade característica da DC.
Sua primeira aparição foi em “Batman vs Superman: A Origem da Justiça” (2016), neste filme é apresentado o Aquaman dos cinemas (interpretado por Jason Momoa), Diana Prince acessa os arquivos de Lex Luthor sobre meta-humanos poderosos, neste arquivo ela encontra vídeos do Flash, Ciborgue e do Aquaman. Este último é revelado por meio de uma câmera submarina que catalogava um navio naufragado, esta câmera se aproxima focando na abertura do casco, de lá se pode ver olhos azuis brilhantes, vindo para fora do casco estes olhos revelam um homem segurando um tridente, outra câmera grava o momento em que o homem nada em alta velocidade.
Em “Liga da Justiça” (2017), Batman e Mulher-Maravilha estão unidos para proteger a Terra de uma nova ameaça: O Lobo da Estepe. Batman está reunindo uma equipe poderosa indo atrás dos meta-humanos que Lex Luthor havia descoberto, Batman vai até uma baia onde descobriu que um homem ajudava a população que mora ali próximo ao mar no inverno, quando não há o que comer. Entrando em um bar ele encontra Arthur Curry, um homem forte e misterioso que não gosta de ser incomodado. Batman tenta convencê-lo a entrar para a equipe e enfrentar esta ameaça para a Terra, ao que recebe uma negativa de Aquaman que diz esse ser um problema dos seres da superfície. Quando a Caixa Materna protegida por Atlântida é roubada, Aquaman se convence que deve ajudar o mundo contra essa ameaça e assim ele entra para a Liga da Justiça, sendo uma parte importante para a equipe, pois ele e Mulher-Maravilha são a força bruta do grupo.
Com o sucesso e aceitação do personagem, ele ganhou o seu filme solo, “Aquaman” (2018), que conta a origem do herói híbrido, nascido de um humano e uma rainha atlante, acompanha a estória de seus arqui-inimigos Mestre do Oceano e Arraia Negra, da sua futura rainha e esposa Mera, também conta como se tornou mais que um herói, como se tornou o rei de Atlântida.
Muitas dúvidas caíram sobre o filme, pela fama que o personagem sempre tivera fora das HQs, mas assim como “Mulher-Maravilha” (2017), o filme surpreendeu o público e a crítica por seu enredo simples e completo, assim se tornando o mais recente grande sucesso da DC/Warner.

 

 

 

Aquaman, o Rei dos Mares, o Rei de Atlântida, por muitas décadas foi um herói injustiçado, tido como inútil e sem grande serventia para a Liga da Justiça. Nestes últimos anos foi provado a sua real importância e que possui grandes poderes e habilidades (não apenas de se comunicar com os peixes). Este herói que já teve muitas versões ganhou uma nova versão mais bruta e poderosa que esta arrasando nos cinemas e provavelmente ganhará cada vez mais espaço, já que toda a lenda da sua “inutilidade” com este filme foi totalmente apagada e agora o mundo todo conhece o verdadeiro rei, o Aquaman.

 

Jessica Potter

Formada em História, Escritora e amante do Universo Geek.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *